Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Técnico gremista vê obrigação de vitória sobre o América-MG

Não se pode mais perder pontos dentro do Estádio Olímpico. O diagnóstico foi feito pelos dirigentes ainda na época em que o técnico do Grêmio era Renato Gaúcho. Dono de campanhas invejáveis em casa na sua história, o time gremista tem patinado em 2011, principalmente em jogos decisivos.

A mensagem foi entendida por Júlio Camargo, o novo treinador da equipe. Diante do América-MG, quarta-feira, somente a vitória interessa. ‘Vamos jogar dentro de casa e se impor e buscar o resultado é nossa obrigação. Isso vai influenciar minha escolha (na escalação)’, explicou.

A situação é propícia para vencer. O Coelho somou somente um ponto em cinco partidas como visitante.

Em três jogos no comando da equipe, Júlio ainda não viu suas ideias engrenarem dentro de campo, computando uma vitória, um empate e uma derrota. Poderiam ser dois jogos perdidos não fosse a defesa de pênalti de Marcelo Gorhe no 0 a 0 contra o Figueirense.

Apesar das excelentes atuações, Grohe perdeu sua vaga no time para Victor, que estava na seleção brasileira. O time terá outras mudanças.

Lesionado, Gabriel fica de fora. O zagueiro Saimon atuará na lateral direita para dar maior solidez defensiva. O time é pequeno demais para que Bruno Collaço, Lúcio e Escudero atuem juntos. Lúcio será dono de uma das vagas, a outra está em disputa. No ataque, Leandro deverá seguir como titular, mas o ingresso de Miralles não está descartado.