Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Técnico assume handebol do Brasil e já pensa em 2016

Por Da Redação 11 jun 2012, 15h47

Por AE

São José dos Pinhais – De volta ao comando da seleção brasileira masculina de handebol após quatro anos, o técnico Jordi Ribera Romans tem como primeiro objetivo o Pan-Americano de Seleções, que será disputado na Argentina a partir da próxima segunda-feira. No entanto, o próprio treinador não esconde que seu trabalho também tem como foco a preparação para os Jogos Olímpicos de 2016, que serão disputados no Rio de Janeiro.

“São duas frentes. A imediata, com bons resultados em curto prazo, como no Pan, e a garantia do futuro, cuidando dos atletas entre 13 e 15 anos. Quero ter ao meu lado pessoas que possam contribuir em todas as atividades que foram positivas da primeira vez. Os acampamentos e tudo o que for possível, serão pensando nos Jogos Olímpicos de 2016” , declarou.

O treinador espanhol foi bicampeão do Pan-Americano em sua primeira passagem pela seleção, de 2005 a 2008, e busca agora o tri da competição, que é classificatória para o Mundial de 2013, na Espanha. Para atingir esta meta, conta com uma equipe que, na opinião dele, evoluiu bastante nos últimos quatro anos.

“Sei que muitos atletas que trabalharam comigo continuam hoje, com o meu estilo de enxergar o handebol. Mas muitas coisas extremamente positivas foram realizadas nesse tempo e fico feliz em ver o quanto a seleção masculina progrediu. É fundamental continuarmos esse processo, principalmente com os clubes dando sequência ao trabalho realizado na seleção. Tem que haver soma de esforços para caminharmos na mesma direção e todos enxergarmos o handebol da mesma maneira, tática e tecnicamente”, avaliou.

Jordi Ribera Romans voltou ao Brasil no dia 1.º de junho e se reuniu na última terça-feira com os 20 atletas convocados para a primeira fase de treinamentos, que está sendo realizada em São José dos Pinhais, no Paraná. Destes jogadores, quatro serão cortados para que sobrem os 16 que vão para a Argentina disputar o Pan.

Continua após a publicidade
Publicidade