Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Sutil desiste de recorrer na justiça e planeja retorno à Fórmula 1

Por Da Redação 30 mar 2012, 10h15

O alemão Adrian Sutil desistiu do recurso no processo movido por Éric Lux e aceitou a condenação de um ano e meio de prisão, em regime de liberdade condicional, imposta pela Corte de Munique. O ex-piloto já planeja seu retorno à Fórmula 1.

Adrian Sutil foi condenado por uma agressão ao dono da Lotus, Éric Lux, em uma boate em Xangai, após o Grande Prêmio da China, em abril do ano passado. O alemão causou um corte profundo no pescoço do dirigente, que resolveu processar o piloto.

Os advogados de Sutil recorreram da decisão logo após o anúncio da pena, mas, nesta sexta, o ex-piloto desistiu da apelação depois de ter uma conversa com Lux. ‘Estou muito feliz por ter conseguido me expressar perante Éric Lux e por não ter de ir ao tribunal novamente. Não quero ter outro ano como o ano passado’, afirmou ao jornal germânico Bild-Zeitung.

O alemão não desistiu de sua carreira de automobilista e sonha em retornar a maior categoria do esporte a motor. ‘O caso está terminado e quero seguir fazendo o que faço de melhor e o mais rápido possível: correr na Fórmula 1’.

O empresário de Sutil comemorou o encerramento do caso e prometeu esforços para que seu cliente volte a Fórmula 1. ‘Nós estamos muito satisfeitos que Éric Lux e Adrian tiveram uma conversa, e agora, este caso está encerrado. A partir de agora, vamos nos concentrar apenas no esporte e fazer de tudo para trazer Adrian de volta à Fórmula 1’, vibrou.

Continua após a publicidade

Publicidade