Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Surfe: Filipe Toledo brilha e é campeão em Jeffreys Bay

Surfista brasileiro de 22 anos abusou das manobras aéreas na África do Sul e voltou à briga pelo título mundial, a cinco etapas do fim do circuito

O brasileiro Filipe Toledo se recuperou da punição que o tirou de uma etapa do Mundial de surfe em grande estilo. Na madrugada desta quinta-feira, o atleta de Ubatuba (SP) conquistou o título da etapa de Jeffreys Bay, na África do Sul, ao superar o português Frederico Morais – que havia eliminado Gabriel Medina na semifinal -, por 18.00 a 17.73. Toledo, de 22 anos, subiu do 14º para o sétimo lugar do Mundial, a cinco etapas do fim do circuito.

Confira a classificação completa da WSL

Primeiro brasileiro da história a vencer em J-Bay, Toledo teve atuações espetaculares ao longo de todo o campeonato, acumulando duas notas 10 e manobras aéreas incomuns até para a elite do surfe. Esta foi sua quarta a quarta vitória em etapas da WSL, depois de ter levantado troféus em Gold Coast, Rio de Janeiro e Peniche.

Filipe Toledo comemora nota 10 em Jeffreys Bay Filipe Toledo comemora nota 10

Filipe Toledo comemora nota 10 (Pierre Tostee/WSL/Divulgação)

Filipinho havia perdido a etapa em Fiji pois estava suspenso pela WSL por ter protestado de forma excessiva contra os árbitros na etapa brasileira em Saquarema. Em Jeffreys Bay, praia conhecida pela presença de tubarões que, mais uma vez, paralisaram algumas baterias, o brasileiro foi eliminando favoritos, como o sul-africano Jordy Smith (nas quartas de final) e o australiano Julian Wilson (na semifinal.)

Medina, que foi eliminado na semifinal por Frederico Morais numa acirrada bateria, (13,94 a 13,57) subiu para a nona colocação no Mundial, com 21.000 pontos, e segue na briga pelo título. O líder é o australiana Matt Wilkinson, que tem 31.950 pontos. O melhor brasileiro é Adriano de Souza, o Mineirinho, quinto colocado com 27.900. A próxima etapa acontece no Taiti entre os dias 11 e 22 de agosto.