Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Súmula pode complicar atacante da Ponte expulso contra o Duque

O atacante Lúcio Flávio ficou poucos minutos em campo no duelo de sábado, entre Ponte Preta e Duque de Caxias. Ele entrou no segundo tempo e foi expulso por supostamente ofender o árbitro Jefferson Schmidt, de Santa Catarina.

De acordo com a súmula da partida, Lúcio Flávio reclamou da marcação de uma falta com as seguintes palavras: ‘vai tomar no c…! Tá armando contra nós!’. Após receber o cartão vermelho, o jogador continuou interpelando o árbitro. ‘Já com o dedo em riste, passou a me xingar de: ‘seu filho da p…! Seu otário! Seu idiota!’, escreveu Schmidt.

O centroavante, que já marcou quatro gols pela Ponte Preta na Série B, ainda não sabe quando será julgado. Ele deve ser enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por ‘assumir conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva’, com punição máxima de seis partidas de suspensão.

Na mesma partida, alguns minutos antes, Wellington também foi expulso após se desentender com Abedi, que também foi excluído de campo. O árbitro relatou na súmula que os dois se ofenderam, o que deve evitar que sejam suspensos pelo STJD.