Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sucesso no Pan empolga Cielo para disputar Olimpíada

Por Tiago Rogero

Rio – O ano foi cheio para Cesar Cielo. Flagrado no exame antidoping em julho, viveu o medo de ser suspenso. Mas recebeu apenas uma advertência e, alguns dias depois, conquistou duas medalhas de ouro no Mundial de Xangai, nos 50 metros livre e 50 metros borboleta. Para completar, fechou a temporada com 100% de aproveitamento no Pan de Guadalajara, com quatro títulos em quatro provas. Agora, avisa o nadador brasileiro, é foco total na Olimpíada de Londres, em 2012.

A meta de Cielo para os Jogos de Londres é conquistar o bicampeonato olímpico dos 50 metros livre e melhorar nos 100 metros livre, prova em que foi medalhista de bronze em Pequim. “Vou tentar melhorar minha posição nos 100 metros”, disse o nadador, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, no Rio, realizada para marcar seu retorno ao Brasil após a disputa do Pan de Guadalajara.

“Pessoalmente, queria melhorar, baixar bem o tempo que fiz agora no Pan (foi campeão com 47s84), vejo isso como uma possibilidade muito forte”, revelou Cielo, que é recordista mundial dos 100 metros livre, com os 46s91 que conseguiu em 2009, ainda com os maiôs tecnológicos. “Ter nadado na altitude (de Guadalajara), depois do Mundial de Xangai, e ter feito meu melhor tempo (no ano) me deu uma confiança muito grande para abaixar ainda mais no ano que vem. Agora, meu objetivo é chegar lá (em Londres) na melhor forma da minha vida. Se vai dar para ganhar ou não, a gente vai ver lá.”

As próximas duas semanas serão de descanso para Cielo. Depois, ele já volta aos treinos, faz uma pausa para as festas de fim de ano e, a partir de 2 de janeiro, “é a hora de começar com tudo”. Aos 24 anos, o nadador admitiu estar acostumado à pressão de entrar nas provas como favorito. “A Olimpíada não deixa de ser uma competição como é o Mundial, só tem um glamour maior”, comparou. “Vão nadar os mesmos atletas que estavam em Xangai.”