Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sob pressão, Flamengo põe força máxima contra Bangu

Por AE

Rio – Caso a situação do Flamengo fosse mais confortável, talvez o técnico Joel Santana optasse por poupar alguns jogadores na partida deste domingo, contra o Bangu, a partir das 16 horas, em Macaé. Mas a ameaça real de ser eliminado da Libertadores na fase de grupos e a possibilidade de também ser excluído das semifinais da Taça Rio levaram o comandante flamenguista a decidir pela escalação da equipe principal no confronto no Estádio Cláudio Moacyr.

O treinador do Flamengo tem consciência de que ver o primeiro semestre terminar tão cedo, em caso de eliminação dupla, traria forte pressão sobre o grupo e duros questionamentos sobre seu trabalho. O objetivo, portanto, é continuar dividido em duas frentes, mesmo que isso provoque excessivo desgaste do elenco.

Assim, os titulares do Flamengo enfrentaram o Olimpia na quarta-feira à noite, no Paraguai, retornaram ao Rio na quinta, viajaram no sábado para Macaé e embarcam já na manhã de segunda para o Equador, onde enfrentam o Emelec na quarta, em partida capital para a classificação às oitavas de final da Libertadores.

“Temos que fazer o nosso papel e vencer todos os jogos”, disse o atacante Vagner Love, ciente de que não há mais espaço para tropeços. “Pela grandeza do Flamengo, não podemos nem pensar em ficar de fora dessas duas competições. Temos que vencer os próximos jogos de qualquer maneira e firmar nossa posição entre os primeiros.”

Diego Maurício, que não está inscrito nesta fase da competição continental, pode entrar na vaga de Luiz Antônio, suspenso, no jogo deste domingo. Outro desfalque certo é o zagueiro David Braz. Ele sofreu uma contusão na coxa direita na derrota para os paraguaios e não deve jogar também contra os equatorianos na próxima quarta-feira. Assim, Welinton entra na zaga.

O Flamengo não vai encontrar facilidades neste domingo. Depois de uma Taça Guanabara sofrível, o Bangu se recuperou no segundo turno do Campeonato Carioca e luta por vaga no Grupo B, no qual tem nove pontos. Com 12 pontos na Taça Rio, o time flamenguista está na briga contra Botafogo, Macaé e Resende por duas vagas na outra chave.