Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Serena vence Radwanska e fatura penta em Wimbledon

Por AE

Londres – Serena Williams se sagrou pentacampeã em Wimbledon neste sábado ao derrotar a polonesa Agnieszka Radwanska na decisão, por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 5/7 e 6/2. Em franca recuperação, após seguidas lesões, a norte-americana aumentou sua lista de títulos de Grand Slam para 14.

Aos 30 anos, Serena igualou o número de conquistas da irmã Venus e mostrou que está de volta à briga pela liderança do ranking. A americana chegou a ficar um ano afastada das quadras em razão de uma série de lesões, incluindo uma embolia pulmonar que exigiu uma cirurgia de emergência em março do ano passado.

Na grama de Wimbledon, Serena fez grandes apresentações, eliminou tenistas do Top 10, como Petra Kvitova e Victoria Azarenka, e voltou a exibir potência no saque. Por duas vezes, bateu o recorde de aces em uma mesma partida de simples na chave feminina. No último, cravou a marca de 24 saques vencedores diante de Azarenka.

Radwanska, por sua vez, perdeu a chance de conquistar seu primeiro título de Grand Slam. Ela se tornou a primeira polonesa a alcançar a final de um torneio deste nível. Em caso de vitória, teria alcançado o topo do ranking pela primeira vez na carreira.

Ainda neste sábado, Serena voltará à quadra central para disputar a final de duplas, justamente ao lado da irmã. Elas vão enfrentar as checas Andrea Hlavackova e Lucie Hradecka, que formam a dupla cabeça de chave número seis do torneio.

O JOGO – Sem tomar conhecimento da rival, Serena se impôs no início e faturou a primeira quebra de saque logo no segundo game, abrindo 2/0. Com 16 bolas vencedoras, não teve problemas para faturar nova quebra e fazer 4/0.

Radwanska só começou a mostrar resistência quando venceu seu primeiro game, ao salvar dois set points. Serena, porém, não perdoou na sequência e fechou o set inicial pelo tranquilo placar de 6/1.

Por causa do mau tempo, a partida precisou ser interrompida antes do início da segunda parcial. Os organizadores, no entanto, não chegaram a fechar o teto retrátil. A final foi retomada cerca de 25 minutos depois.

Serena não perdeu o ritmo com a paralisação e se manteve melhor na segunda parcial. Faturou nova quebra e parecia encaminhar a vitória e o título com facilidade. No entanto, a polonesa “acordou” na metade da parcial e equilibrou a disputa ao devolver a quebra de saque.

Mais confiante, voltou a se impor no serviço da americana, que não apresentava desempenho tão eficiente no saque em comparação aos jogos anteriores. Com a quebra, Radwanska fechou o set em 7/5 e igualou a partida.

O terceiro e decisivo set começou equilibrado até Serena retomar o domínio em quadra. A americana voltou a acertar o saque e ainda calibrou os golpes de devolução. Assim, quebrou o serviço da polonesa no quinto game e fez 3/2. Embalada, Serena obteve nova quebra e selou a vitória, após 17 aces e 58 bolas vencedoras.