Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Sem ranking, Bellucci aguarda convite para Olimpíada

Por Da Redação 11 jun 2012, 13h13

Por AE

São Paulo – O brasileiro Thomaz Bellucci terá que torcer por um convite ou por desistências de rivais para entrar no torneio de tênis dos Jogos Olímpicos de Londres, que será disputado no tradicional complexo de Wimbledon.

Número 1 do País e atual 76º do mundo, Bellucci não conseguiu ficar entre os classificados pelo ranking da ATP, atualizado nesta segunda-feira, após a disputa de Roland Garros. O tornei olímpico garante vaga aos 56 primeiros colocados, com a limitação de quatro tenistas por país.

Mas, mesmo com este corte, Bellucci ficaria somente em 63º. Ou seja, ainda dependeria de sete desistências para entrar na chave olímpica. Desta forma, o brasileiro aguarda convite para disputar o torneio através de oito vagas restantes, que completam a chave de 64 tenistas.

São 6 lugares definidos com base na distribuição dos continentes e dois por convite. Nos dois casos, a decisão final caberá à Federação Internacional de Tênis (ITF), responsável pela organização do torneio de tênis da Olimpíada.

Bellucci, então, deverá apostar em uma solicitação da Confederação Brasileira de Tênis para entrar na disputa. O brasileiro tem boas chances de ser aceito porque seria o único representante do país que sediará a próxima Olimpíada, no Rio de Janeiro, em 2016.

Continua após a publicidade
Publicidade