Clique e assine com até 92% de desconto

Sem Messi, Barcelona vence por 9 a 0 após ser bicampeão mundial

Por Da Redação 22 dez 2011, 20h20

O Barcelona nem precisou do favorito ao título de melhor jogador do planeta para provar que merece o troféu de campeão mundial conquistado no último domingo. Logo no jogo seguinte à goleada sobre o Santos no Japão, a equipe, que deu folga a Messi, aplicou 9 a 0 sobre o Hospitalet nesta quinta-feira pela Copa do Rei, no Camp Nou.

Diante de uma equipe da terceira divisão espanhola, o técnico Guardiola até poupou seus principais atletas. Apesar de já ter liberado Messi e Mascherano para curtir as festas de fim de ano na Argentina, garantiu a vaga nas oitavas de final da Copa do Rei como já se previa mesmo pelo confronto de ida, vencido por 1 a 0 pelo clube azul-grená.

A equipe que foi bicampeã mundial no último fim de semana deu mais espaço a candidatos astros. Cuenca e Tello, recém-saídos do time B do Barça, marcaram dois gols cada, assim como o já conhecido meia Thiago Alcântara, filho do ex-meio-campista brasileiro Mazinho.

Também sem o goleiro Valdés e os laterais Daniel Alves e Abidal, o Barcelona até começou seu confronto com alguns de seus principais nomes em campo, como Iniesta, Xavi e Fábregas. Assim, não precisou de muito tempo para balançar as redes e brindar seus torcedores na volta do Mundial de Clubes.

Logo aos 11 minutos, Cuenca foi derrubado na área e Pedro converteu pênalti. Aos 19, foi a vez de Iniesta completar troca de passes entre Xavi e Fábregas para ampliar. Aos 2, Thiago mostrou que o Hospitalet seria realmente um sparring diante dos melhores do mundo fazendo 3 a 0.

Até que, aos 30 minutos, Iniesta reclamou de contusão e foi trocado por Sergi Roberto, de 19 anos. Mas nem foi necessário ter o astro em campo por mais tempo, já que logo aos 35 Xavi transformou a vitória em goleada balançando as redes pela quarta vez na noite catalã.

Ainda no primeiro tempo, Tello marcou o quinto, 42. O segundo tempo foi todo da base catalã. Xavi ficou em campo até os 11 minutos, quando Cuenca e Thiago, de pênalti, já haviam feito o placar apontar 7 a 0. Sem nenhum candidato a melhor do mundo atuando, o Barça ainda marcou novamente com Tello e Cuenca.

Continua após a publicidade
Publicidade