Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem informações, São Paulo se preocupa com surpresas do desconhecido

Os jogadores deixaram o CT da Barra Funda para viajar a Belém do Pará sem informações sobre seu adversário nesta quarta-feira, o Independente, na estreia do São Paulo na Copa do Brasil. Cícero e Rhodolfo, escolhidos pela assessoria de imprensa para dar entrevista coletiva, admitiram temor pelo desconhecimento. E confiam nos dados que a comissão técnica deve ter sobre o rival.

‘Não conheço o Independente, mas com certeza a comissão técnica está ciente das informações’, disse Cícero. ‘Amanhã , o professor deve passar um vídeo ou alguma coisa’, projetou Rhodolfo, que contou ter o costume de perguntar a Emerson Leão as características dos atacantes rivais – e espera ter resposta detalhada em relação à equipe paraense.

‘Precisamos de muita atenção porque não sabemos como eles jogam, se têm vários jogadores de muita qualidade. Já eles sabem as características do nosso time, conhecem todos nós. É complicado’, continuou Rhodolfo, com um desconhecimento que gera temor.

O alerta pode ser dado até com base na participação do São Paulo na Copa do Brasil do ano passado. Na segunda fase, o time perdeu do Santa Cruz, na ida, em Pernambuco, por 1 a 0, e teve dificuldades para fazer 2 a 0 na volta, em Barueri, e avançar – Rogério Ceni chegou a perder pênalti. ‘Quando é contra um time que mais conhecido, você entrar mais atento. O desconhecido pode te pegar de surpresa. Lógico que assusta’, falou Cícero.

O Independente chegou à Copa do Brasil de 2012 por ter sido campeão paraense no ano passado – venceu o segundo turno e, na decisão, bateu o Paysandu nos pênaltis após empates por 3 a 3 e 2 a 2. Embora o duelo contra o São Paulo seja no Mangueirão, em Belém, para suportar maior público, o clube é da cidade de Tucuruí, a 480 km da capital do Pará.

Nesta temporada, o time vive agora um momento de recuperação. Apelidado de Galo Elétrico, o Independente decepcionou no primeiro turno do Paraense, com a pior campanha entre os oito participantes: somou cinco pontos em oito rodadas, vencendo só uma vez. No segundo turno, porém, já ganhou as duas partidas que realizou, a última, no sábado, em Tucuruí, por 2 a 0 sobre o Cametá, campeão do primeiro turno.

Mais do que estes dados, entretanto, o elenco espera ouvir de Leão na conversa desta terça-feira, quando o time já treinará à tarde em Belém, detalhes das características táticas e também individuais de alguns dos adversários. ‘O Independente pode assustar porque não o conhecemos’, reforçou Rhodolfo.

O zagueiro, que deve seguir como capitão do time caso Luis Fabiano não seja titular, lembra que disposição extra, com certeza, o Independente terá. ‘Eles jogam em casa, contra o São Paulo, em uma partida que vai passar na televisão, com todos vendo. Com certeza vão ter muita vontade e motivação. Temos que ficar espertos para passarmos de fase’, indicou.