Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem El Tanque, Boca vai ao Chile para garantir vaga nas quartas

O Boca Juniors tenta, nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), assegurar sua vaga nas quartas de final da Copa Libertadores. Após vencer na Bombonera, por 2 a 1, o time argentino vai até Santiago, no Chile, para enfrentar a Unión Española, em busca de um simples empate para assegurar seu avanço no torneio continental.

No primeiro jogo, em Buenos Aires, o Boca teve dificiculdades e empatava com os chilenos até os 44 minutos do segundo tempo, quando Santiago ‘El Tanque’ Silva, de cabeça, marcou o segundo gol da equipe mandante. No reencontro entre as equipes, o rodado jogador, com passagem sem sucesso pelo Corinthians, é o principal desfalque pelo lado argentino. Durante o treinamento de domingo, o camisa 19 sentiu uma lesão muscular na perna direita e deixou a atividade mais cedo. Após a realização de exames, ficou constatado que o jogador deverá ficar até duas semanas fora -espera-se que seu retorno aconteça na fase de quartas de final, caso o Boca avanc

Em seu lugar, o técnico Julio César Falcioni irá escalar Mouche no ataque, fazendo dupla com Darío Cvitanich. Além desta mudança, o comandante tem Ledesma também contundido – o jogador deverá ceder espaço no time titular a Diego Rivero -, e Roncaglia volta ao time, no lugar de Sosa.

Pela Unión Española, o resultado conquistado na Argentina não foi muito lamentado, já que com um simples 1 a 0 em casa a equipe se garante nas quartas de final da Copa Libertadores. Passado o primeiro encontro com o Boca Juniors, o time chileno demonstra confiança em conseguir eliminar o hexacampeão do principal torneio de clubes da América Latina.

‘Estamos próximos de um jogo transcendental para o clube e vamos tentar fazer nosso melhor. Sabemos que nosso adversário é difícil, mas se estivermos aplicados podemos vencer qualquer um’, avisou o meio-campista Braulio Leal.

‘Na Argentina estávamos um pouco ansiosos, mas agora já nos acalmamos. Sabemos que é possível vencer e nos recuperar do primeiro resultado. Esperamos que seja assim, mesmo que tenhamos ciência de que será um jogo complicado’, acrescentou o meio-campista Cordero.

Para esta partida, o técnico José Luis Sierra não terá o zagueiro Diego Scotti, expulso no jogo de ida das oitavas de final, após falta no experiente meia Riquelme. Em seu lugar, Rafael Olarra será o escolhido. Além desta alteração, o capitão Gonzalo Villagra, contundido, está fora. Para suprir o desfalque, Sierra escolheu exatamente Fernando Cordero.O time que sair vencedor deste confronto enfrenta na próxima fase um brasileiro: ou Fluminense, ou Internacional, que jogam nesta quinta-feira, no Engenhão – em Porto Alegre, os dois times ficaram no empate sem gols.

Caso Boca e Flu avancem, este será o confronto entre líder e vice-líder do Grupo 4 – os cariocas terminaram à frente dos argentinos na chave. Após a vitória do time de Abel Braga, na Bombonera, por 2 a 1, o Boca Juniors devolveu a derrota, a única do Tricolor na primeira fase, por 2 a 0, no Engenhão.