Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Seleção de pista encara última chance de classificação para Londres

A Seleção Brasileira de pista já está concentrada em Londres, onde participará da última etapa da Copa do Mundo de ciclismo, que começa nesta sexta-feira. O evento também vale como teste para as Olimpíadas e marca a última chance de classificação das equipes.

A disputa promete ser acirrada, não apenas entre os países, mas também entre os atletas. ‘Por se tratar de uma das últimas seletivas, será uma competição muito forte, talvez com um nível superior ao que veremos em Londres/2012. Além disso, como não é possível a presença de todos os integrantes de cada seleção nos Jogos, acontecerá uma grande batalha não só entre as nações, mas dentro de cada equipe para saber quais ciclistas terão presença garantida na competição olímpica’, explica o técnico brasileiro Antonio Silvestre.

O Brasil já garantiu três atletas em Londres na categoria estrada e um deles será escolhido para participar também da prova contra o relógio. No entanto, a definição de quem irá representar o país nas pistas saíra no confronto que começa nesta sexta e se estende até o próximo domingo. O critério utilizado será a classificação no ranking mundial, cujas posições podem ser alteradas de acordo com os resultados na última etapa da Copa do Mundo.

Um dos fortes candidatos do Brasil é o jovem atleta Flávio Cipriano. Aos 22 anos, ele conseguiu grande destaque nas provas de velocidade. Cipriano chegou a uma semifinal na etapa de Cali, na Colômbia, da Copa do Mundo, um feito até então inédito para o Brasil. A equipe masculina também conta com Dieferson Borges e Davi Romeo. No feminino, Sumaia Ali Ribeiro tentará a vaga em Londres.

‘Esta competição será muito importante para a evolução dos velocistas brasileiros. Estaremos competindo contra os melhores do mundo e acredito que poderemos ter um bom desempenho. Estamos muito bem representados e temos uma grande expectativa do Flávio conseguir chegar às finais novamente’, acrescentou o treinador.

A sexta-feira de competições começa com a prova de velocidade olímpica. Uma disputa por equipes, cuja somatória mais baixa dos tempos determina o país campeão. No sábado, Sumaia Ali defenderá o Brasil na prova de velocidade individual e Flávio Cipriano, no keirin. No domingo, Sumaia volta a competir, dessa vez no keirin, enquanto Flávio Cipriano e Dieferson Borges competem na velocidade individual.

Depois da competição em Londres, a Seleção Brasileira volta o foco para Campeonato Mundial, marcado entre os dias quatro e oito de abril, em Melbourne, na Austrália.