Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Schumacher revela ‘sensação maravilhosa’ com 1.º lugar

Por AE

Mônaco – Quase dois anos e meio depois de seu retorno à Fórmula 1, o alemão Michael Schumacher voltou a terminar um treino de classificação como o mais rápido do dia neste sábado. Nem a punição recebida, que fará com que ele largue em sexto no GP de Mônaco, no domingo, tirou a alegria do piloto, que revelou ter sentido uma “sensação maravilhosa” após esta conquista.

“É simplesmente uma sensação maravilhosa conseguir a pole depois de tanto tempo, e particularmente aqui em Mônaco. Tudo bem, demorou um pouco mais do que eu queria neste segundo capítulo da minha carreira, mas isso tornou o feito ainda mais doce. É simplesmente lindo”, declarou.

Aos 43 anos de idade e com sete títulos conquistados em sua primeira passagem pela Fórmula 1, entre 1991 e 2006, Schumacher vinha vivendo dias difíceis na categoria. Desde seu retorno, em 2010, o piloto alemão dava claras provas de queda técnica, sem nenhuma pole e nenhum pódio em 43 provas disputadas.

Por isso, neste domingo, ele aproveitou para agradecer a todos os integrantes da Mercedes. “Já imaginávamos que o circuito de Mônaco se encaixaria bem com nosso carro, e é uma perfeita combinação de todo o trabalho de cada membro da equipe em Brackley, Brixworth e Stuttgart. Um grande ‘obrigado’ a cada um deles, porque é um resultado de equipe”, comentou.

O alemão só não largará na primeira colocação por que foi considerado responsável por um acidente com Bruno Senna no GP da Espanha, há duas semanas, e acabou punido com a perda de cinco posições no grid. “Claro, é uma pena em não largar na frente, mas é assim que é. Farei o melhor que puder. Sabemos que ultrapassar aqui é difícil, mas com o Kers e a asa móvel vamos tentar. E pode ter certeza que vou tentar”, garantiu.