Clique e assine com até 92% de desconto

São Paulo perde, cai para 2º e fica sem série invicta

Por Da Redação 15 abr 2012, 17h59

Por AE

Lins – O São Paulo teve uma derrota tripla neste domingo. Perdeu para o Linense por 2 a 1, no Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins. Assim, não conseguiu atingir o recorde de 12 vitórias seguidas, algo inédito na história do clube. E também ficou sem a liderança no Paulistão.

Com a derrota para o Linense, o São Paulo foi ultrapassado pelo Corinthians e terminou a fase de classificação em segundo lugar. Agora, irá disputar as quartas de final do campeonato contra o Bragantino, em jogo único, no próximo fim de semana, no Morumbi.

Enquanto o Corinthians poupou os titulares, o São Paulo entrou em campo com força máxima neste domingo – Casemiro e Cícero, ambos suspensos, e Fernandinho, machucado, foram os únicos desfalques -, em busca da liderança e do recorde de vitórias seguidas.

Mas a tática corintiana deu mais certo. O São Paulo precisava da vitória para terminar a primeira fase na liderança, mas perdeu e caiu para o segundo lugar, com 43 pontos. Melhor para o Corinthians, que ganhou da Ponte Preta e ficou com a melhor campanha.

Mesmo sem pretensões no Paulistão – terminou com 23 pontos -, sem risco de rebaixamento ou chance de classificação, o Linense saiu na frente no placar. Aos nove minutos, Andrade cobrou falta e a bola desviou na barreira, enganando o goleiro Denis: 1 a 0.

Apesar de não ter uma grande atuação, o São Paulo conseguiu reagir aos 23 minutos. Em cobrança de escanteio de Jadson, Rhodolfo subiu sozinho na área e cabeceou firme para empatar. Foi o sexto gol do zagueiro na temporada, sendo cinco em assistências do meia.

O São Paulo ainda teve boa chance de virar o placar, mas o goleiro Douglas fez linda defesa na cobrança de falta de Denilson aos 30 minutos. Aí, já aos 44, André Luiz cruzou para a área e Paulo Miranda marcou gol contra, voltando a colocar o Linense na frente: 2 a 1.

No segundo tempo, o São Paulo teve dificuldades para superar a marcação adversária. O técnico Emerson Leão bem que tentou mexer no time. Primeiro, trocou Osvaldo por Willian José no ataque. Depois, ainda tirou o lateral Piris para a entrada do atacante Rafinha.

Apesar das mudanças – o volante Rodrigo Caio também entrou no lugar de Jadson -, o São Paulo sofreu para ameaçar o Linense. Teve uma grande chance aos 33 minutos, quando Rafinha chutou cruzado, a bola atravessou toda a linha do gol e Willian José não conseguiu alcançar.

Continua após a publicidade

Sem muito ímpeto e força no ataque, o São Paulo acabou perdendo em Lins. E terminou a fase de classificação do Paulistão frustrado por não ter conseguido a liderança e por ter deixado escapar a chance histórica de atingir a marca de 12 vitórias seguidas.

FICHA TÉCNICA:

LINENSE 2 X 1 SÃO PAULO

LINENSE – Douglas; Marlon, Fabão, Bruno Quadros e Fábio Lima; Andrade, Elias, Eder e Lenílson (Ademir Sopa); Chimba (Wellington) e André Luiz (Fausto). Técnico – Pintado.

SÃO PAULO – Denis; Piris (Rafinha), Rhodolfo, Paulo Miranda e Cortez; Denilson, Maicon, Jadson (Rodrigo Caio) e Lucas; Osvaldo (Willian José) e Luis Fabiano. Técnico: Emerson Leão.

GOLS – Andrade, aos nove, e Rhodolfo, aos 23, e Paulo Miranda (contra), aos 44 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Luiz Vanderlei Martinucho.

CARTÕES AMARELOS – Fábio Lima, Denilson, Elias, Douglas, Wellington e Rhodolfo.

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins.

Continua após a publicidade
Publicidade