Clique e assine com até 92% de desconto

São Paulo esbarra na boa fase do Grêmio e perde chance de liderar

Por Da Redação 11 set 2011, 20h01

Em um campeonato em que a tabela é achatada, com poucos pontos separando cada competidor, é preciso aproveitar as chances que aparecem. O São Paulo desperdiçou a oportunidade de ser líder do Brasileirão, neste domingo. No contraponto da partida no Olímpico estava o Grêmio, em boa fase e preparado para seguir sua ascensão na tabela. No grande lance que teve, o time não ousou jogar fora a ocasião que apareceu, colocando a bola na rede e vencendo por 1 a 0, em um confronto tenso.

O gol de Douglas, aos 19 minutos do segundo tempo, faz os gremistas alcançarem três vitórias pela primeira vez na competição. O segundo melhor desempenho do segundo turno do torneio faz o Tricolor Gaúcho saltar da 15para a 12posição, com 30 pontos e um jogo a menos.

A derrota são-paulina, além de manter o Corinthians na ponta, deixa o time de Adilson Batista em terceiro lugar, com 41 pontos, dois a menos que o líder.

A próxima rodada reserva ao Grêmio mais um adversário do topo da tabela, o Vasco, vice-líder do torneio, fora de casa. O São Paulo atuará em casa contra o Ceará. O jogo – A aura era de um grande jogo. O Olímpico estava cheio, não era uma partida de vida ou morte, mas os dois times jogaram como se o futuro dependesse diretamente desses 90 minutos. Para o Grêmio estava em disputa a confirmação de um momento positivo. Para o São Paulo a conquista dos três pontos valia a liderança do Campeonato Brasileiro. A partida ficou com cara de final, em um confronto dinâmico e tenso.

As defesas, no primeiro tempo, se sobressaiam aos ataques. Apesar do ímpeto dos dois times, a chance clara de gol esbarrava no adversário ou em chutes sem pontaria. Rogério Ceni, ao tentar sair jogando com os pés, acertou André Lima e a bola rebateu e seu corpo. Aos 23 minutos, os gaúchos marcaram, mas o impedimento de André Lima anulou a jogada. Toda a atmosfera criada ganhou mais um elemento importante. A arbitragem virou tema central. Marquinhos em dividida com o zagueiro caiu. O lance duvidoso rendeu amarelo ao meia gremista, tornando Heber Roberto Lopes um ser perseguido pelos torcedores.

Enquanto conseguiu neutralizar os avanços dos laterais adversários, o São Paulo esteve superior no segundo tempo. Nesse período de domínio, Dagoberto obrigou Victor a espalmar em chute de longe e o goleiro defendeu cabeçada de Casemiro. O volante são-paulino chegou a ir às redes pelo alto, mas a jogada foi invalidada por falta do jogador em Adilson.

Quando Julio Cesar voltou a se soltar pelo lado esquerdo, o Grêmio passou a equilibrar as ações. Quando ele acertou cruzamento rasteiro para Douglas, o camisa 10 bateu para marcar o gol do Grêmio, aos 19 minutos.

Os visitantes se atiraram para frente com a entrada de Willian. O embate passou a ser franco. No contra-ataque, Os donos da casa conseguiram levar mais perigo, mas não ampliaram.

(Com agência GazetaPress)

Continua após a publicidade
Publicidade