Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santos joga sem nenhum titular do seu meio de campo

Por Sanches Filho

Santos – O Santos vai jogar sem nenhum dos titulares do meio de campo campeão da Copa Libertadores da América contra o Cruzeiro, neste sábado, às 18 horas, na Vila Belmiro, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de Paulo Henrique Ganso, vítima de novo rompimento muscular (desta vez na coxa esquerda) e sem previsão de retorno, desfalcam o time Arouca e Elano, também afastados por contusões, e Adriano, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Dos jogadores que vinham atuando no setor ultimamente, sobrou Henrique, embora o técnico Muricy Ramalho não tenha confirmado a sua escalação.

“A gente está esperando os jogadores se recuperarem e por isso é difícil falar agora. Não é só Henrique. Há outras dúvidas porque vários titulares sentem dores em razão da sequência de jogos”, lamentou Muricy, na coletiva de imprensa, nesta sexta-feira, no CT Rei Pelé. Enquanto ele se queixava, na sala de entrevistas, alegando que o seu time é bom, mas falta elenco para ser campeão brasileiro, Henrique participava normalmente de um rachão. A informação divulgada pelo clube na véspera foi que o volante tinha sofrido entorse no joelho esquerdo, com contusão meniscal, no jogo contra o Avaí.

Os problemas do treinador começam pela lateral direita. Pará continua em tratamento para se recuperar de lesão muscular e Danilo (será o titular da posição no Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro) está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Como Leandro Silva sentiu demais a estreia, Crystian deverá ser o escolhido para começar o jogo. Com o retorno de Durval (cumpriu suspensão diante do Avaí), o restante da defesa é a titular. Apesar do suspense, Muricy não tem muitas opções e o meio de campo deverá ser formado por Henrique, Anderson Carvalho, Felipe Anderson e Neymar, atuando mais avançado e com liberdade.

O Santos é o 14.º colocado, com 26 pontos em 60 disputados, e está a 17 do líder Corinthians. A diferença poderá cair para 11 pontos se o campeão continental ganhar os dois jogos que tem a menos – contra o Grêmio, em Porto Alegre, e o Botafogo, na Vila Belmiro. O time está sem perder desde a vitória por 2 a 1 contra o Bahia, em Salvador, no dia 21 do mês passado. Já são três vitórias (Bahia, Fluminense e Avaí) e dois empates (São Paulo e Internacional) seguidos.