Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Roth lamenta erros e diz que Grêmio ‘entrou em parafuso’

Por Da Redação 12 out 2011, 20h25

Por AE

Porto Alegre – O técnico Celso Roth lamentou os erros individuais do Grêmio nesta quarta-feira e atribuiu a derrota por 3 a 1 diante do Figueirense, no Olímpico, ao descontrole emocional dos seus jogadores. Para o treinador, o time “entrou em parafuso” logo após sofrer o primeiro gol da partida, aos 34 minutos do primeiro tempo.

“O Grêmio não jogou, estivemos abaixo do que temos apresentado. Estávamos com a iniciativa até o gol do Figueirense. Depois o time entrou em parafuso e levou o segundo gol. Ainda no primeiro tempo tivemos duas bolas na trave, não entraram. Mudamos para o segundo tempo. Demoramos para nos encontrar e poderia ter sido muito mais”, comentou Roth.

Na avaliação do técnico, o time correu o risco de levar uma goleada, em casa, nesta quarta. “Tivemos muitos erros de fundamento, de precipitação. Tomamos o 3 a 1 e poderia ter tomado mais 3 ou 4 gols se não fosse o Victor”, avaliou Roth, que não desmereceu a atuação do adversário.

“Foi mérito do Figueirense. Sabíamos disso. Eles têm um contra-ataque mortal. Eles tiveram mais duas ou três oportunidades de trocar bolas dentro da nossa área. Foi o momento, a situação do Figueirense, que foi feliz”, analisou.

Continua após a publicidade

Publicidade