Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

“Ronaldo fez um grande gol”, afirma Felipão

Ex-treinadores e médico do Corinthians comentam aposentadoria do maior artilheiros das Copas do Mundo

O anúncio que Ronaldo deixaria os gramados repercutiu também entre três treinadores brasileiros que tiveram a oportunidade de trabalhar com o atleta. Luiz Felipe Scolari, Mano Menezes e Carlos Alberto Parreira lamentaram a decisão, mas apoiaram a decisão do artilheiro.

Luiz Felipe Scolari, técnico pentacampeão mundial em 2002, afirmou que Ronaldo foi importantíssimo na conquista da Copa do Mundo de 2002. Felipão disse ter certeza que o camisa 9 será bem sucedido na área que escolher trabalhar, incluindo sua predileção pelo marketing esportivo. “Vai ter o mesmo sucesso que teve nestes 18 anos de carreira”.

Carlos Alberto Parreira, primeiro treinador a convocar Ronaldo para a seleção brasileira, na Copa de 1994, lamentou a notícia. “Estamos falando de um dos maiores jogadores que a história do futebol conheceu. Dentro de campo sempre foi um jogador extraordinário, realmente um fenômeno.” Antes de assumir a seleção brasileira, em julho de 2010, Mano Menezes trabalhou 18 meses com Ronaldo no Corinthians. Em seu site oficial, Mano publicou um texto falando sobre sua aposentadoria. “Sua trajetória se explica com gigantescos feitos”. O treinador continua dizendo que Ronaldo “vai virar lenda, se juntar a tantos outros grandes que nos encheram de alegrias com suas obras-primas.”