Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ronaldinho cobra R$ 40 milhões na Justiça e é autorizado a deixar o Flamengo

Rio de Janeiro, 31 mai (EFE).- Iniciada em janeiro de 2011 com muitas juras de amor em uma festa sob as bênçãos da torcida, a relação de Ronaldinho Gaúcho e o Flamengo, cada vez mais deteriorada nos últimos meses, pode ter terminado nesta quinta-feira na Justiça com um pedido de ‘divórcio’ por parte do jogador.

Ronaldinho, que cobra do clube cerca de R$ 40 milhões, recebeu uma liminar do juiz André Luiz Amorim Franco, da 9ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ), o autorizando a deixar o clube e assinar contrato com outro.

O mandado de intimação para liberação do jogador já foi recebido pelo Flamengo, com possibilidade de fixação de multa diária em caso de não cumprimento imediato. A decisão está disponível no site do tribunal.

‘O jogador entrou com pedido de rescisão indireta (justa causa por culpa do empregador) motivado por salários atrasados, FGTS e demais vantagens’, diz a nota publicada na página do TRT-RJ sobre o rompimento do contrato de Ronaldinho e o Flamengo, válido até dezembro de 2014.

O comunicado também indica que ‘antes de entrar com o pedido na Justiça do Trabalho, o procurador do jogador cobrou o pagamento dos valores devidos ao clube e à Traffic por notificação extrajudicial’.

Na tarde desta quinta, o Flamengo divulgou nota oficial sobre o caso informando ter tomado conhecimento da decisão judicial. A presidente do clube, Patricia Amorim lamentou o fato de a disputa ter chegado a este ponto.

‘Não esperávamos uma atitude como essa. Agora, o caso está nas mãos de nosso departamento jurídico, que irá tomar todas as medidas legais para proteger os interesses do Flamengo’, afirmou.

O vice-presidente jurídico rubro-negro, Rafael De Piro, disse que existe o valor que Ronaldinho pede na Justiça é ‘um absurdo’, e criticou o jogador pelos casos de indisciplina durante sua passagem pelo clube.

‘Só fica aqui quem quer jogar, quem quer vestir a nossa camisa. Relevamos durante todo esse tempo em que o Ronaldinho esteve aqui seus atos de indisciplina e nunca tivemos uma contrapartida desse ato. Sem dúvida, o Flamengo ficará melhor daqui para a frente’, declarou.

Em 74 jogos com a camisa do Flamengo, o meia-atacante marcou 22 gols e conquistou um título estadual, além de ter participado da campanha no Campeonato Brasileiro do ano passado no qual o time ficou em quarto lugar. Neste ano, Ronaldinho foi eliminado com a equipe na primeira fase da Taça Libertadores. EFE