Clique e assine a partir de 9,90/mês

Rogério Ceni está próximo de acertar retorno ao São Paulo

Ex-goleiro discute os últimos detalhes para ser o treinador da equipe em 2017

Por da redação - Atualizado em 24 nov 2016, 10h40 - Publicado em 24 nov 2016, 10h28

O São Paulo está bem perto de anunciar o ídolo Rogério Ceni como seu novo treinador. O ex-goleiro de 43 anos já tem acerto verbal para substituir o técnico Ricardo Gomes, demitido nesta quarta-feira. A diretoria tricolor conversou com Rogério, que se mostrou disposto a assumir o time já este ano e iniciar o planejamento para a temporada de 2017. O acordo deve ser selado nos próximos dias.

Nas conversas preliminares com a diretoria, Rogério Ceni fez alguns pedidos. Além de exigir a vinda de reforços (algo que aconteceria qualquer que fosse o treinador escolhido), o ex-goleiro pediu ao presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, estabilidade para trabalhar. Com uma identificação enorme com o clube que defendeu por mais de duas décadas, Ceni não quer colocar em risco sua carreira se os resultados não forem bons no início.

Inicialmente, o ídolo tricolor pediu um contrato de três anos, mas há chance de acertar vínculo mais curto, de um ou dois anos, com multa rescisória alta. Até pelo momento político do clube, com eleições presidenciais em abril, Leco não poderia fazer um contrato tão longo.

Depois de pendurar as chuteiras e luvas no fim de 2015, o ex-goleiro se dedicou aos estudos para se tornar treinador. Ele realizou em um curso da Federação Inglesa de Futebol (FA), em Londres, e acompanhou o trabalho de alguns técnicos renomados, como Pep Guardiola, Jürgen Klopp, Jorge Sampaoli, e Carlo Ancelotti.

Continua após a publicidade

Dia 9 de novembro, Ceni foi visto no estádio do Morumbi acompanhando um jogo da equipe Sub-20 do São Paulo. Nessa mesma noite, o provável futuro técnico do clube conversou com José Jacobson Neto, diretor de Futebol, e José Alexandre Medicis, vice-presidente.

A cúpula tricolor, porém, está preparada para um plano B, caso, por algum motivo, o acordo com Rogério Ceni não seja concretizado. De qualquer forma, a ideia é anunciar em breve o substituto para o cargo antes ocupado por Ricardo Gomes para que não haja atrasos no planejamento da próxima temporada. De 15 a 21 de janeiro, a equipe disputará a Florida Cup, em Orlando, nos Estados Unidos. Por enquanto, quem dirige o time até o fim do Brasileirão é o ex-jogador Pintado.

Nascido em Pato Branco, no Paraná, Rogério chegou ao São Paulo em 1990, quando tinha 17 anos. Foram 1.237 jogos pelo São Paulo, 131 gols marcados. Entre seus títulos destacam-se três Campeonatos Brasileiros, duas Libertadores e dois Mundiais (1993 e 2005).

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

 

 

Publicidade