Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ricardo Bueno admite fraco rendimento do ataque e aprova treino específico

Depois de trabalhar apenas com os laterais na quarta-feira passada, Luiz Felipe Scolari vai comandar um treino específico para atacantes na manhã de sexta. Ricardo Bueno, autor de um gol em dez jogos com a camisa do Palmeiras, admite que os homens de frente estão devendo e aprova a iniciativa do técnico.

‘Já participei em outros clubes e acho bom. Se tiver tempo, tem que fazer mesmo. Não só com atacantes, mas com jogadores de outras posições, como já foi feito com os laterais. Aperfeiçoando nos treinamentos, fica automático para fazer na hora da partida’, opinou o jogador, ciente de que o time marcou apenas 12 gols em 13 jogos no segundo turno do Brasileirão.

‘Foram poucos gols nos últimos jogos, realmente. Um clube como o Palmeiras tem que ter atacante que coloque a bola para dentro e temos nossa parcela [de culpa], mas cada setor tem sua responsabilidade e todos têm que assumir isso. Mas se está faltando gol, os atacantes precisam trabalhar’, acrescentou Ricardo Bueno, após participar da atividade técnica desta terça, com os outros jogadores que não enfrentaram o Atlético-MG no domingo.

Como ainda é vinculado ao Galo, ele foi impedido de atuar por questões contratuais. Para escalar o volante Pierre, que está emprestado pelo Palmeiras, o clube mineiro se submeteu a pagar uma multa de R$ 200 mil. O Verdão não quis desembolsar nenhum valor para escalar seu atacante, que foi avisado com antecedência de que não jogaria.

‘Eu não sabia qual era a situação do Pierre em termos de contrato, mas no começo da semana já comecei a treinar separado e já tinha certeza que não iria para o jogo. Felipão conversou comigo sobre isso e já fiquei mais tranquilo. Queria jogar, ter sequência, mas infelizmente não deu. Faz parte, não tinha como’, explicou.

Ricardo Bueno está disponível para o duelo do próximo domingo, contra o Coritiba, na Arena Barueri. Para essa partida, Valdivia e Maurício Ramos são desfalques certos por estarem suspensos. O goleiro Marcos, com dores no joelho esquerdo, provavelmente vai permanecer fora. Kleber, afastado pela diretoria, não atua mais pelo time alviverde. Em contrapartida, o volante Marcos Assunção tem boas chances de retornar após se livrar de lesão no ombro.