Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ricardinho elogia ‘quarentona’ Venturini e quer continuar consagrando jovens

Por Da Redação 10 nov 2011, 06h21

Dois dias após a levantadora Fernanda Venturini retomar a carreira aos 41 anos (atuando pela Unilever/Rio de Janeiro), Ricardinho enalteceu a prova de amor ao vôlei. O atleta do Vôlei Futuro, prestes a completar 36 anos, comentou ainda sua fase na equipe paulista e sua atual condição de catapultar jovens talentos, principalmente atacantes.

Fora da Seleção Brasileira desde que entrou em atrito com o técnico Bernardinho, Ricardinho se inspira na possibilidade de ajudar jovens companheiros a crescer profissionalmente.

‘O meu objetivo agora é colocar jogadores na seleção, deixá-los em evidência. É muito gratificante para mim fazer um menino vestir a amarelinha ou ter um contrato melhor’, expôs o medalhista de ouro nas Olimpíadas de Atenas-2004, que citou Vini, Maurício e Bob como seus atuais ‘pupilos’.

Sob a batuta de Ricardinho, o time de Araçatuba (mesmo ficando menos estrelado com as saídas de Lucão e Vissotto) vem protagonizando uma campanha irretocável no Campeonato Paulista: são 13 vitórias em 13 jogos, sendo que nenhuma no tie break.

Continua após a publicidade
Publicidade