Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Renato Cajá e Wescley não se recuperam e desfalcam a Ponte Preta

O departamento médico da Ponte Preta deu uma notícia nem um pouco agradável para o técnico Gilson Kleina nesta terça-feira. O zagueiro Wescley e o meia Renato Cajá não conseguiram reunir condições de jogo e estarão fora da partida da próxima rodada, contra a líder Portuguesa, no Canindé.

Wescley foi diagnosticado com uma torção no joelho e ficará de fora da equipe por pelo menos três semanas. O jogador será submetido a um tratamento intensivo e, caso o prazo estipulado seja cumprido à risca, o atleta só poderá retornar aos gramados na penúltima rodada da Série B, contra o ABC, no Moisés Lucarelli.

Já Renato Cajá segue com um desconforto muscular e será preservado pelos médicos nessa rodada. O meia sentiu dores no empate por 1 a 1 contra o Bragantino e já não participou da partida da Macaca contra o Paraná, no último sábado. Seu retorno é esperado para o duelo diante do Americana, em Campinas, no dia 5 de novembro.

Mesmo com dois importantes desfalques, o atacante Ricardo Jesus não crê que a Ponte Preta irá sofrer para substituir os dois jogadores. O centroavante ponte-pretano destacou a qualidade de todo o elenco e exaltou a capacidade dos atletas que não são considerados titulares na equipe.

‘Geralmente os clubes contratam onze jogadores e mais quatro ou cinco, que podem vir a ser titulares ao longo do campeonato. A Ponte Preta, porém, contratou muito bem. Temos 34 titulares e a cada jogo a equipe mostra que o elenco é forte, pois quem entra dá conta do recado’, elogiou o artilheiro da Macaca na Série B.

Na vice-liderança do campeonato, a equipe de Campinas soma 57 pontos e procura uma sequência de vitórias para diminuir a vantagem de dez pontos da líder Portuguesa e concretizar o seu acesso para a Série A. O duelo contra o primeiro colocado da competição será nesta sexta-feira, às 20h30 (de Brasília), em São Paulo.