Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Reforço militar contará com 13,5 mil soldados durante Londres-2012

Londres, 15 dez (EFE).- O Ministério da Defesa do Reino Unido anunciou nesta quinta-feira que contará com 13,5 mil soldados do Exército para reforçar a segurança de Londres durante a realização dos Jogos Olímpicos de 2012, que serão iniciados a partir do dia 27 de julho na capital britânica.

Cerca de 5 mil militares serão destinados para apoiar o trabalho da polícia, enquanto outros 7,5 vão colaborar com a segurança dos locais de competição em ‘momentos-chave’, afirmou o ministro da Defesa, Philip Hammond, em declarações à rede de televisão ‘BBC’.

Durante a realização dos jogos, os soldados ‘vão colaborar com as autoridades civis em trabalhos específicos, como a desativação de bombas, a segurança dos edifícios e o controle dos cães farejadores’, apontou o ministro.

Na ultima semana, o Executivo britânico revisou o orçamento destinado à segurança nos Jogos Olímpicos, que passou de 324 milhões de euros para 635 milhões de euros.

Entre policiais, militares e empresas de segurança privada, aproximadamente 23,7 mil pessoas irão fazer parte das forças de segurança nos Jogos Olímpicos, segundo o Ministério da Defesa.

A quantidade de soldados convocados é mais que o dobro do que estava sendo previsto inicialmente, que não superava o número de 10 mil, um fato que acabou justificando a revisão do orçamento.

Hammond assinalou que a realização dos Jogos Olímpicos será ‘o maior desafio de segurança das últimas décadas no Reino Unido’, ressaltando que, desde as Olimpíadas de Atlanta (1996), o uso do Exército na segurança cidadã é uma prática ‘habitual’.

Segundo o ministro da Defesa, a participação dos militares nos Jogos Olímpicos de Londres terá uma escala similar à dos eventos realizados em outros países. EFE