Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Questionando Copa-2014, imprensa mundial repercute saída de Teixeira

A renúncia de Ricardo Teixeira à presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) povoou os noticiários internacionais. Lembrando as polêmicas e os escândalos nos quais se envolveu o dirigente, os jornais mundo afora também questionaram a validade da medida, tomada pouco mais de dois anos antes da realização da Copa de 2014 no país.

Na mais detalhada das matérias, o argentino Ole usou a manchete ‘Adeus Teixeira’ em sua versão para internet, e reproduziu alguns trechos da carta lida pelo agora presidente da entidade, José Maria Marin, descrevendo as ocorrências dos 23 anos em que Teixeira esteve à frente do futebol nacional.

Por fim, o texto termina com duas questões em relação à organização do Mundial: ‘As obras atrasadas serão terminadas a tempo sem Teixeira? A Copa será realizada no Brasil ou não? ‘.

O espanhol As e o site da rede britânica BBC também deram grande espaço para a decisão de Teixeira. Durante as últimas confusões do ex-presidente, que envolviam denúncias de envolvimento em corrupção no amistoso entre Brasil e Portugal, e o caso ISL, entidade que patrocinava a Fifa e faliu em 2001, os jornais ingleses foram tratados como ‘maldosos’ pelo então mandatário.

O francês L’Equipe citou a decisão em uma pequena nota, assim como a Gazzetta Dello Sport, da Itália. No site da Fifa, reguladora do esporte em todo o planeta, nada foi publicado até o momento.