Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Presidente Dilma Rousseff lamenta falecimento de Sócrates

Por Da Redação 4 dez 2011, 17h00

A presidente Dilma Rousseff divulgou, na tarde deste domingo, uma nota de pesar pelo falecimento do ex-jogador Sócrates, que não resistiu a uma infecção generalizada causada por uma bactéria e morreu na madrugada deste domingo, aos 57 anos.

No comunicado oficial divulgado pelo Governo Federal, Dilma lembra das façanhas do ex-craque do Corinthians e da Seleção Brasileira dentro de campo e fora dele, salientando que o ídolo sempre foi muito atuante politicamente.

Sócrates estava na terceira internação em menos de quatro meses. Em agosto e setembro deste ano, ele permaneceu no hospital por complicações no fígado, que provocaram uma hemorragia digestiva – o ex-atleta nunca escondeu o gosto pelo consumo de bebidas alcoólicas.

Veja abaixo a nota de pesar assinada pela presidente:

O Brasil perde um de seus filhos mais queridos, o doutor Sócrates. Nos campos, com seu talento e seus toques sofisticados, foi um gênio do futebol, a ponto de ser considerado o melhor jogador sul-americano de 1983, e ser escolhido pela Fifa, em 2004, como um dos 125 melhores jogadores vivos da história. Como jogador do Corinthians, deu muitas alegrias à torcida.

Além de ídolo do futebol, Sócrates foi um campeão da cidadania. Fora dos campos, nunca se omitiu. Foi um brasileiro atuante politicamente, preocupado com o seu povo e o seu país. Procurando o bem-estar de seus companheiros, ajudou a implantar um sistema democrático no clube em que atuava. Participou também ativamente da campanha pelas Diretas-Já e de outros momentos importantes da redemocratização do país.

Lamento a perda de um grande brasileiro e envio meu abraço solidário a seus parentes, amigos e admiradores.

Dilma Rousseff

Presidenta da República Federativa do Brasil

Continua após a publicidade
Publicidade