Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente da Ponte Preta se espelha em Palmeiras para formar elenco

Neste final de semana, a Ponte Preta estreia na Série A do Campeonato Brasileiro diante do Atlético-MG, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Eliminada da Copa do Brasil, o Brasileirão é o que resta para a Macaca, que quer se manter na elite do futebol nacional, neste segundo semestre. Querendo reformular o elenco, o presidente do clube, Márcio Della Volpe, inspira-se no Palmeiras para ‘apostar’.

‘Muita gente está criticando as nossas contratações, mas é só ver o que o Mazinho está fazendo no Palmeiras. Ele também chegou sem alarde e já é titular do time, então é preciso esperar para avaliar antes’, afirmou o mandatário.

Mazinho chegou ao Alviverde após o Campeonato Paulista desta temporada e rapidamente ganhou espaço na equipe de Luiz Felipe Scolari, diante das dificuldades de montar o setor ofensivo do Verdão. O meia se destacou na última semana, quando o Palmeiras goleou o Paraná por 4 a 0, pela Copa do Brasil, com dois gols da aposta palmeirense.

Até o momento, a diretoria da Ponte Preta anunciou 11 contratações para o Brasileirão: os zagueiros Cleber, Tiago Alves e Gustavo, o lateral João Paulo, os volantes Baraka, Tony, Nadson, Nikão e Somália e os atacantes Ricardinho e André Luis. Para o presidente da Macaca, todos os reforços se encaixam no perfil pedido pelo técnico alvinegro, Gilson Kleina.

‘Nome de peso é relativo no futebol. Nós buscamos nomes que se encaixam na filosofia da Ponte. As atuais contratações, por mais criticadas, vão trazer o retorno que o técnico (Kleina) quer, pois foram pinçadas por ele’, garantiu Della Volpe.