Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preparador corintiano não sabe quando Adriano voltará

Por AE

São Paulo – O Corinthians programava que Adriano pudesse participar dos dois amistosos de preparação, contra Flamengo e Portuguesa. Mas a ausência dele em um treinamento fez com que o atacante fosse barrado contra a equipe lusitana e concluísse a pré-temporada com apenas 45 minutos em campo, diante dos cariocas. Com o planejamento prejudicado, o preparador físico corintiano, Fabio Maseredjan, revela não saber quando Adriano poderá participar de uma partida oficial.

“Não volta domingo, não volta quarta que vem e não sei quando ele volta. No começo do ano eu disse que seria um mês, dois meses ou três meses. Estamos nem há um mês do inicio da pré-temporada”, lembrou Maseredjan, nesta terça-feira, em entrevista à Rádio Estadão/ESPN.

O preparador físico lembrou que o fato de Adriano ter faltado em um treinamento na terça-feira passada prejudicou o planejamento do clube. “Já estávamos programando que ele participasse do jogo de quarta passada (contra a Portuguesa) e ficasse parado por mais algum tempo, para que ele pudesse continuar fortalecendo a panturrilha esquerda.”

Maseredjan explicou que a presença de Adriano nos amistosos era importante para que o jogador sentisse as dificuldades que tem em jogar uma partida de futebol e pudesse apontar com mais precisão suas necessidades. “Ele disse que sentiu falta de força na panturrilha esquerda e eu disse a ele que o excesso de peso o atrapalha”, contou o preparador físico.

Durante a entrevista, Maseredjan também afirmou que era contra o Corinthians ter realizado dois amistosos durante a curta pré-temporada. “Eu preferiria que tivesse sido marcado apenas um, mas eu sou funcionário. Evidentemente que quando você elabora a preparação isso prejudica o desenvolvimento de algumas qualidades físicas, como força e potência”, comentou.

O preparador físico também falou da situação do zagueiro Paulo André, que pode ser poupado do jogo de quarta-feira contra o Guaratinguetá. “Paulo André vem de uma lesão crônica nos dois joelhos, uma lesão de tendão patelar, parecida com a do Ronaldo. Estamos ainda estudando a necessidade de poupá-lo neste jogo. Os outros jogadores estão teoricamente liberados.”