Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por saúde, técnico Rangnick deixa comando do Schalke

Por AE

Frankfurt – O técnico Ralf Rangnick surpreendeu a diretoria do Schalke nesta quinta-feira ao pedir demissão do cargo que ocupa há apenas seis meses. O treinador, de 53 anos, alegou problemas de saúde para se afastar do futebol.

“Depois de uma longa e profunda reflexão, eu cheguei à conclusão de que preciso de uma parada. Foi extremamente difícil chegar a esta decisão, mas meu atual nível de energia não é suficiente para obter sucesso e levar este time para frente”, justificou o treinador, que assumiu o cargo em março, em substituição a Felix Magath.

A saída de Rangnick pegou os jogadores de surpresa. “Foi um grande choque ouvir esta notícia faltando dois dias para uma partida”, comentou o zagueiro Metzelder. “Já vi muita coisa nos meus 11 anos de carreira, mas nada parecido com isso”.

“Os jogadores reagiram de forma muita emotiva”, revelou o auxiliar técnico Seppo Eichkorn, que assumirá o comando do time. “Nunca passei por uma situação como essa. Quando ouvi a notícia na noite passada, fiquei totalmente surpreso”.

Rangnick não deu detalhes sobre sua condição física. Mas o médico Thorsten Rarreck afirmou que o treinador não tinha outra escolha. “Era apenas uma questão de tempo para ele implodir”, argumentou. Segundo o médico, Rangnick deverá estar recuperado dentro de alguns meses.

O treinador estava em sua segunda passagem pelo Schalke e ainda tinha mais três anos de contrato. Ele também dirigiu o time entre setembro de 2004 e dezembro de 2005. Neste ano, Rangnick levou o time até a semifinal da Liga dos Campeões e conquistou o título da Copa da Alemanha.