Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por alimentação e descanso, corintiano aprova retiro antecipado

A partir do fim da tarde desta segunda-feira, os atletas corintianos relacionados para a partida contra o Nacional (Paraguai) se fecharão no hotel do CT Joaquim Grava. Segundo o técnico Tite, trata-se de um pedido do próprio elenco, que entendeu a importância das partidas na Copa Libertadores e preferiram antecipar a concentração em um dia.

De acordo com o zagueiro Leandro Castán, confirmado na defesa ao lado de Chicão, o diferencial do ‘retiro’ às vésperas dos jogos é primeiramente a alimentação. ‘Quando está em casa, você acaba não se alimentando direito. Aqui, você tem alimentação regrada’, lembrou o beque, ao acrescentar que há ainda mais tempo para descansar. ‘Vale esse esforço, ficar longe da família, para fazer um grande jogo’.

O jogo de quarta-feira dominou as atenções do elenco alvinegro antes mesmo do confronto de domingo contra o Santos. O Corinthians foi à Vila Belmiro com equipe mista e saiu derrotado por 1 a 0. O revés não afetou o grupo porque, de certa forma, estava dentro do roteiro: a equipe poupou alguns de seus titulares, fez um duelo equilibrado e continua na liderança do Campeonato Paulista.

‘Não estamos acostumados a perder, mas foi uma derrota que não deixou a gente abalado. A equipe jogou bem, jogar na Vila Belmiro é muito difícil. É claro que você chega (para treinar) um pouco chateado, mas a gente já trata de erguer o pessoal que jogou’, analisou Castán, reforçando a maturidade de seus companheiros. ‘Tomamos bastante pancada no ano passado e fomos campeões brasileiros’.

A partida contra os paraguaios está marcada para as 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, no Pacaembu. O time brasileiro soma um ponto e tenta encostar no líder da chave, o mexicano Cruz Azul, que venceu seus dois compromissos até aqui na competição continental.