Clique e assine com 88% de desconto

Ponte Preta vai até Florianópolis atrás da 1.ª vitória

Por Da Redação - 10 jun 2012, 09h31

Por AE

Campinas – Sem deixar de lado o respeito com o Figueirense, a Ponte Preta acredita que pode voltar de Florianópolis com a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Após dois empates e uma derrota, o time campineiro sabe que precisa somar pontos para ficar longe da zona de rebaixamento, a sua principal preocupação neste momento. O jogo começa às 18h30, no estádio Orlando Scarpelli, pela quarta rodada.

Embora tenha mostrado um futebol competitivo, os resultados da Ponte Preta não foram bons. Perdeu em casa para o Atlético Mineiro por 1 a 0; empatou fora, por 1 a 1, com o Atlético Goianiense; e depois empatou em casa com o Flamengo por 2 a 2. Com dois pontos, ocupa uma posição incômoda na tabela de classificação.

“Às vezes a gente ganha sem jogar bem, mas com certeza ninguém vence sem batalhar em campo”, declarou o técnico Gilson Kleina, que já dirigiu o Figueirense e sabe das dificuldades de enfrentá-lo dentro de casa. “O time cresce com o apoio da torcida”. Ele assistiu ao empate do time catarinense com o Corinthians, na última quinta-feira, e rasgou elogios ao rival. “Eles marcam bem e ainda chegam com força no ataque. Vamos tentar anular isso”, avisou.

Publicidade

Em relação ao time que empatou com o Flamengo, na última quarta, vão acontecer duas mudanças. O meia Marcinho sofreu uma lesão no ligamento medial do joelho direito, ficando fora do time por um mês. E o atacante Roger foi expulso já nos acréscimos, após o contestado empate do time carioca, em gol marcado por Vágner Love.

No ataque, ao lado de André Luís, a novidade será a presença de Tony no lugar de Roger, que vai cumprir suspensão automática. E Caio entra no meio de campo. Desta forma, o time vai manter o esquema 4-4-2, com três volantes – Baraka, João Paulo Silva e Renê Júnior.

Publicidade