Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Piloto italiano Marco Simoncelli morre em acidente da MotoGP na Malásia

O piloto italiano Marco Simoncelli (Honda) morreu neste domingo depois de um acidente fatal ocorrido na MotoGP do Grande Prêmio da Malásia, no circuito de Sepang, ao ser atropelado na segunda volta da corrida.

O campeão do mundo em 2008 nas 250 cc, com 24 anos, caiu na saída de uma curva e foi atropelado pelo americano Colin Edwards (Yamaha), que, por sua vez, saiu da pista sem causar danos ao italiano Valentino Rossi.

A morte de Simocelli acontece em Sepang, no mesmo circuito em que se proclamou campeão do mundo em 2008 nas 250 cc.

Esta morte em corrida também acontece pouco depois de um ano do falecimento do japonês Shoya Tomizsawa na Moto2 de San Marino.

Os 17 pilotos participantes acabavam de iniciar a corrida e, em função disso, estavam muito juntos quando ocorreu o acidente. O choque foi tão violento que o capacete do italiano se soltou. Simoncelli foi levado imediatamente ao centro médico do circuito, mas não resistiu aos ferimentos.

“Por causa do atropelamento, ele sofreu diversos traumatismos na cabeça, no pescoço e no peito. Quando nossa equipe médica chegou para atendê-lo, estava inconsciente e sofreu uma parada cardíaca enquanto estávamos tentando reanimá-lo”, relatou o doutor Michele Macchiagodena.

“A reanimação continuou durante 45 minutos, tentamos ajudá-lo de todas as formas possíveis. Infelizmente não conseguimos e a morte foi declarada à 16h56 (no horário local, 6h56 no horário de Brásilia), completou.

Valentino Rossi, que soma nove títulos mundiais na sua carreira, deixou o circuito devastado pela morte do compatriota, declarou à AFP o da escuderia Ducati Vittoriano Gureschi.

“Valentino está muito afetado por este acidente. Este acidente é uma grande tragédia. Ele perdeu um grande amigo”, afirmou Gureschi.

O australiano Casey Stoner, que sagrou-se campeão da temporada na semana passada, também expressou sua tristeza,

“Estou chocado e triste pela morte de Marco. Quando acontece este tipo de coisa, a gente se dá conta do quanto a vida é preciosa, me sinto muito mal por dentro”, declarou Stoner.

“A única coisa que posso dizer é que sinto muito pela sua família. Não posso nem imaginar pelo que estão passando e meus sentimentos são para eles”, completou.

Simoncelli, conhecido por seu entusiasmo nas corridas e vasta cabeleira, realizou uma temporada muito boa com sua Honda oficial na escuderia Gresini.

O italiano havia conseguido duas poles, na Catalunha e na Holanda, tendo obtido seu melhor resultado na semana passada, na Austrália, com um segundo lugar.

“Todos nós que trabalhamos na MotoGP queremos expressar nossas mais profundas condolências à famílias, amigos e equipe de Marco depois desta trágica perda”, acrescentaram os organizadores, que cancelaram a corrida depois do acidente.