Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Pé-frio Mick Jagger ataca novamente em vexame inglês

Líder dos Rolling Stones chegou a postar um vídeo de apoio à Inglaterra na Eurocopa, mas deletou depois dos gols da zebra Islândia

Por Da Redação - 27 jun 2016, 18h21

A maldição de Mick Jagger atacou novamente na Eurocopa-2016. O maior pé-frio do futebol mundial esteve nesta segunda-feira em Nice, na França, para torcer por sua seleção diante da surpreendente Islândia e até se animou a fazer um vídeo demonstrando apoio à Inglaterra. O resultado não poderia ser outro: a zebra islandesa venceu o jogo, válido pelas oitavas de final, por 2 a 1, e o vocalista dos Rolling Stones teve de apagar o vídeo – e aguentar as brincadeiras.

Leia também:

Islândia, a seleção nanica que se tornou sensação da Euro

Euro-2016: os confrontos das quartas de final​

Publicidade

O show de Conte: com treinador, Itália joga com 12

“Então, estamos aqui em Nice esperando pela partida entre Islândia e Inglaterra. Vai, Inglaterra!”, disse Jagger no vídeo, deletado assim que a Islândia marcou o segundo gol. A essa altura, porém, o estrago estava feito: o vídeo se espalhou pelas redes sociais e o roqueiro foi apontado como culpado pelo vexame.

Jagger ganhou a fama de azarado na Copa de 2010, quando viu todas as equipes pela qual torcia nos estádios (Inglaterra, Estados Unidos, Brasil e Argentina) serem eliminadas em sequência. Em 2014, Jagger também esteve no Brasil para acompanhar a derrota da Inglaterra sobre o Uruguai, em São Paulo, e, ao lado do filho brasileiro Lucas, assistiu à goleada alemã por 7 a 1 no Mineirão.

https://storify.com/vejanoticias/mick-jagger-zica-selecao-inglesa-na-euro-2016/embed?border=false

(da redação)

Publicidade