Paraíba recusa teste do bafômetro e tem habilitação apreendida

Por Da Redação - 10 mar 2012, 10h45

O meia Marcelinho Paraíba se envolveu em mais uma confusão na na madrugada da última sexta-feira. Quando voltava de um show acompanhado de sua mulher, o jogador foi parado em uma blitz e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Com isso, o atleta acabou tendo a sua carteira de habilitação apreendida pela polícia.

Após o treino da tarde de sexta, ao qual chegou de carona n veículo de sua esposa, o meio-campista explicou a situação, procurando minimizar o ocorrido.

‘Os torcedores do Sport precisam saber o que aconteceu. Após jantar com a minha família, fomos assistir um show de humor e tomei alguns copos de vinho. Quando me dirigia para casa, fui abordado pelos funcionários do Detran e me pediram os documentos do carro e a minha carteira. Eles pediram para eu fazer o teste, mas eu recusei porque eu tenho esse direito’, comentou.

Depois, Paraíba ainda pediu desculpas à torcida e disse que pagará pelo seu erro. Em grande fase dentro de campo, onde lidera o Leão na disputa do Campeonato Pernambucano, o jogador vem sendo atormentado por polêmicas fora dele.

Publicidade

No final do ano passado, ele foi indiciado por estupro após uma festa em seu sítio, na cidade de Campina Grande, onde teria tentado abusar de uma mulher. No inquérito, porém, foi liberado devido a ‘falta de provas’.

Publicidade