Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palmeiras sofre na chuva, mas vence o Paulista e passa às quartas

O Palmeiras enfrentou o seu teste mais duro na Copa São Paulo de Futebol Júnior, na noite desta terça-feira. Porém, mesmo com o campo e os uniformes encharcados devido à forte chuva de Araraquara, a equipe dos garotos de Palestra Itália venceu o Paulista de Jundiaí por 3 a 2, de virada, e garantiu vaga nas quartas de final da competição.

O time paulistano, que até então não havia tido a sua defesa vazada por nenhum adversário, viu a invencibilidade ruir logo aos cinco minutos. Renan driblou um adversário e colocou boa bola para Tafarel, que tocou na saída de Walter para marcar.

Os alviverdes, no entanto, mostraram boa cabeça, sem deixar o nível de atuação apresentado até então na Arena da Fonte cair devido ao revés temporário. E, assim, o empate acabou sendo questão de tempo.

Mais precisamente aos 28 minutos a espera teve fim. Bruno Sabiá recebeu na direita e levantou na medida para Bruno Dybal, que colocou no canto e garantiu a igualdade. O 1 a 1 persistiu até o intervalo, apesar das chances de ambos os lados.

Só que com dois minutos na etapa final o Verdão já estava na frente. Guilherme Almeida, que já havia feito um no triunfo sobre o Monte Azul, aproveitou cruzamento da direita, após escanteio, e cabeceou firme para deixar anotado mais um tento na competição.

Os meninos do Galo da Japi passaram assim a se posicionar mais a frente e, mesmo com a superioridade do adversário, conseguiram mais um empate: Jéfferson recebeu na frente e bateu firme na saída do arqueiro, que até tocou na bola, mas não evitou o gol.

Novamente demonstrando personalidade, o Palmeiras conseguiu o tento da vitória depois deuma certa blitz. João Denoni arriscou de longe, a bola desviou no companheiro Victor Luís, e acabou enganando Ian, selando a passagem dos palmeirenses para encarar o Atlético-PR na fase seguinte.