Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palmeiras inicia ano com protesto de torcida em CT

Por Marcius Azevedo

São Paulo – Depois de um mês de férias após o término do Campeonato Brasileiro, o elenco do Palmeiras iniciou o ano de 2012 já em clima de cobrança. Cerca de 200 torcedores, ainda revoltados com a temporada decepcionante do time em 2011, foram até o Centro de Treinamento do clube, na Barra Funda, para protestar contra a diretoria palmeirense.

O protesto está sendo feito de forma pacífica pelos torcedores, enquanto quatro viaturas da Polícia Militar garantem a segurança do local e dos jogadores na porta do CT. Vários presentes vestem camisas da Mancha Alviverde, principal organizada do Palmeiras, e várias faixas de protesto foram exibidas.

Em algumas das faixas, que tinham como principais alvos o presidente Arnaldo Tirone e o vice-presidente de futebol Roberto Frizzo, foram escritas as seguintes frases:”Tirone bunda mole”, “Vergonha até quando?”, “Frizzo agenciador de jogadore$ (com o cifrão no lugar do S)” e “Até quando irão nos envergonhar”.

No protesto alguns torcedores também usaram certa dose de ironia. Em um dos coros ouvidos na porta do CT, os palmeirenses pediram pela permanência de Luiz Felipe Scolari no comando do time, como se a equipe estivesse prestes a disputar a Copa Libertadores da América em 2012. “Fica, Felipão, que no final do ano nós vamos para o Japão”, gritou a torcida, se referindo ao Mundial de Clubes da Fifa, que será realizado em dezembro e contará com a presença do campeão sul-americano de 2012.

O protesto complicou o trânsito de uma das faixas na Avenida Marquês de São Vicente,que margeia o CT do Palmeiras, mais conhecido como Academia de Futebol, onde os jogadores do clube farão o seu primeiro treino no ano na tarde desta quarta-feira.