Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palmeiras diz que meta agora é atrapalhar Corinthians

Por Daniel Batista

São Paulo – Livrado o risco de rebaixamento após a vitória por 2 a 0 sobre o Bahia, no último domingo, em Salvador, o Palmeiras agora já está focado no confronto do dia 4 de dezembro, contra o Corinthians, pela rodada final do Campeonato Brasileiro. Embora a equipe ainda tenha um clássico pela frente no próximo domingo, contra o São Paulo, no Pacaembu, os jogadores palmeirenses projetam antecipadamente a possibilidade de atrapalhar os planos dos corintianos, que lideram a competição e disputam com Vasco e Fluminense o título nacional.

Durante o desembarque dos jogadores do Palmeiras nesta segunda-feira no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, o lateral-direito Cicinho deixou claro que já está preocupado com o jogo contra o Corinthians, pois o time do Palestra Itália não quer que o arquirrival chegue ao título justamente no clássico do próximo dia 4.

“Tirar o título do Corinthians seria muito bom por causa da rivalidade e da brincadeira, por causa da gozação com os rivais”, afirmou o jogador, para depois provocar os corintianos ao falar sobre a sua predileção como torcedor nesta reta final do Brasileirão. “Agora, é evidente que eu vou torcer para o Vasco”, acrescentou.

O futuro jogo entre Corinthians e Palmeiras ganhou contornos ainda mais polêmicos depois que o diretor de marketing do clube do Parque São Jorge, Luis Paulo Rosenberg, lançou a ideia de os palmeirenses entregarem a faixa de campeão aos corintianos na rodada final. Essa possibilidade já foi totalmente descartada pelo presidente palmeirense, Arnaldo Tirone, e Cicinho mandou um recado aos corintianos nesta segunda-feira ao comentar o fato. “Eu não entrego a faixa para rival”, avisou.

O Corinthians está dois pontos à frente do vice-líder Vasco e tem chance matemática de ser campeão já no próximo domingo. Para isso, precisa torcer para os vascaínos no máximo empatarem com o Fluminense na penúltima rodada e ainda terá de fazer a sua parte diante do Figueirense, em Florianópolis. E, caso o título não seja definido por antecipação, o Palmeiras promete não facilitar a vida do seu arquirrival, mesmo sem nenhum grande objetivo a buscar na jornada derradeira da competição.