Clique e assine a partir de 9,90/mês

Organização promete pista de Austin concluída em agosto

Por Da Redação - 19 jan 2012, 12h17

As obras da nova pista de Fórmula 1, em Austin, estão a todo vapor. Os organizadores do GP dos Estados Unidos prometeram a conclusão em agosto, já que em novembro a capital do Texas recebe a penúltima etapa do Mundial da categoria.

A etapa norte-americana da Fórmula 1 foi colocada em xeque no fim de novembro, devido a uma disputa comercial dos organizadores da categoria com os donos do novo autódromo. As obras foram paralisadas, atrasando o prazo de conclusão do circuito. Mas o contrato entre as duas partes foi firmado e o trabalho em Austin foi retomado com a promessa de que será concluído a tempo de receber a prova, marcada para o dia 18 de novembro.

Nesta semana, representantes do Circuito das Américas se encontrarão com Bernie Eccclestone, chefe da Fórmula 1, para informá-lo dos progressos. ‘A corrida vai acontecer. O trabalho na construção do circuito é feito seis dias por semana. Os edifícios do paddock já foram levantados e a construção da arquibancada principal já começou, então esperamos concluir as obras em meados de agosto’, afirmou o chefe de marketing e vendas Geoff Moore, em entrevista à Autosport.

A pressão para que a pista seja logo concluída foi amenizada depois que o GP de Austin foi transferido de junho para novembro. Por exigência de Ecclestone, o circuito foi remarcado por causa do calor intenso do meio do ano no Texas. O custo total do autódromo é de US$350 milhões e os organizadores da prova esperam um público de 120.000 espectadores para o evento inicial.

Publicidade