Clique e assine a partir de 8,90/mês

Organização dos Jogos venderá tochas olímpicas em leilão na internet

Por Da Redação - 20 jun 2012, 13h12

Londres, 20 jun (EFE).- O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 (Locog) anunciou nesta quarta-feira que leiloará na internet as tochas olímpicas usadas no revezamento.

Segundo o site oficial dos Jogos, o leilão deverá contar com uma tocha para cada jornada do percurso, que começou no dia 18 de maio em Cornualha, no sudoeste da Inglaterra, e será concluído somente na cerimônia de abertura das Olimpíadas (dia 27 de julho), no estádio Olímpico de Stratford, em Londres.

O leilão, que também contará com algumas tochas assinadas por atletas olímpicos, é iniciado no valor de uma libra e se estende por um período entre uma e duas semanas na página do Locog.

Até o momento, a tocha que foi utilizada na primeira jornada do revezamento, assinada pelo jogador David Beckham, alcançou o valor de 1.905 euros, sendo que esse leilão será encerrado no dia 4 de julho.

Já a tocha que foi usada no segundo dia do revezamento, que não traz nenhum tipo de autografo, recebeu uma oferta máxima de 332 euros, enquanto a usada no terceiro dia alcança o valor de 296 euros.

Segundo o Locog, os compradores de cada uma das tochas receberão uma ‘caixa de colecionador’ junto com um certificado de autenticidade.

Durante os Jogos Olímpicos de Londres, o Comitê Organizador deverá leiloar diversas peças ‘raras ou destacáveis’ relacionadas com as competições esportivas, como bolas de tênis, de vôlei e outros objetos.

‘O leilão de Londres 2012 não oferece apenas a oportunidade do público possuir um pedaço de história, mas ajuda a custear as despesas para os portadores possuírem uma delas’, assinalou o diretor comercial do Locog, Chris Townsend.

Cada um dos 13 mil reservistas que percorrem o Reino Unido com a chama olímpica deve desembolsar 264 euros se quiserem guardar a tocha como lembrança de sua participação na preparação dos Jogos Olímpicos de Londres 2012. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade