Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Olimpíada de Londres terá segurança de 13.500 militares

Por AE-AP

Londres – O ministro da Defesa do Reino Unido, Philip Hammond, revelou nesta quinta-feira que 13.500 militares britânicos irão trabalhar no esquema de segurança da Olimpíada de Londres, marcada para acontecer entre os dias 27 de julho e 12 de agosto. O efetivo é mais do que o dobro inicialmente previsto, que era de seis mil pessoas.

No mês passado, foi anunciado que orçamento para a segurança da Olimpíada praticamente dobrou, ultrapassando a marca de US$ 1 bilhão, o que já inclui os gastos com o aumento do efetivo militar. Mesmo porque, o governo britânico disse esperar um alto risco de ameaça terrorista durante a realização dos Jogos de Londres.

Pelo esquema divulgado nesta quinta-feira, 7.500 militares estarão nas instalações olímpicas, outros 5 mil darão suporte à polícia e mil farão apoio logístico. Além desse contingente, a Olimpíada ainda prevê a utilização de 10 mil seguranças e 12 mil policiais. “Não tenho dúvida de que eles farão um trabalho fantástico”, disse o ministro.

As tropas militares não ficarão restritas a Londres, ajudando, por exemplo, na segurança marítima de Weymouth, sede das competições de vela. Também serão utilizados jatos, helicópteros e até barcos no rio Tâmisa. Já o HMS Ocean, maior navio da marinha britânica, estará ancorado em Greenwich, no leste da capital, para dar suporte.