Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oleg Ostapensko volta ao Brasil para revelar outras gerações de ginastas

Tutor de Daiane dos Santos, Daniele Hypólito e Jade Barbosa, o ucraniano Oleg Ostapenko, 66 anos, está de volta ao Brasil. Após três anos na Rússia, o treinador foi anunciado, nesta terça-feira, como técnico chefe da equipe de ginástica feminina do Cegin (Centro de Excelência de Ginástica), sediado em Curitiba (PR).

O outrora ‘quartel-general’ da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica) é agora financiado pela iniciativa privada (Movimento LiveWright) e pela Federação Paranaense de Ginástica. A iniciativa conta com o apoio também do Governo do Estado do Paraná, que promoverá, entre outras mudanças, a melhoria do sistema de calefação e a construção de uma piscina térmica no local.

O aporte destinado à formação de um centro para atender às necessidades das atletas de alto rendimento será de R$ 3,5 milhões por ano. A outra vertente do projeto será fomentar a categoria de base, florescendo assim novas gerações de ginastas.

Oleg, que dirigiu o time verde-amarelo entre os anos de 2002 e 2008, será assistido por sua esposa Nadijia Ostapenko, treinadora de coreografia. Entre os maiores feitos do ucraniano à frente do Brasil foi a primeira medalha de ouro nacional em Mundiais, obtida por Daiane dos Santos, em 2003.