Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No sufoco, Santos desafoga no final e vence o The Strongest

Sem uma atuação brilhante, o Santos passou sufoco, mas conseguiu fazer a sua parte e derrotar o Strongest (Bolívia), por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro. Com dois gols no final do duelo, marcados por Alan Kardec e Neymar, o Peixe ganhou e se garantiu nas oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Primeiro colocado no grupo 1 da competição, com 13 pontos, o time santista agora espera o complemento da última rodada da primeira fase da Libertadores para saber qual será o seu rival na próxima fase.

O jogo – O Santos começou a partida procurando pressionar os visitantes e, logo no começo do jogo, quase balançou as redes. Após uma trapalhada do goleiro Vaca, aos três minutos, o meia Paulo Henrique Ganso tocou de cabeça, a bola desviou em Parada e quase foi para o gol do Strongest.

Melhor em campo, com os bolivianos absolutamente preocupados em se defender, o Peixe teve mais uma boa oportunidade, aos 13. O lateral esquerdo Juan lançou Borges, na entrada da área, mas o camisa 9 mandou a bola por cima do gol do Tigre.

Depois desta chance, com o Alvinegro Praiano pouco incisivo durante a maior parte do primeiro tempo, The Strongest conseguia segurar o 0 a 0, apesar de pouco assustar o goleiro do Santos, Rafael.

Os donos de casa voltaram a ameaçar o gol do time boliviano, aos 34. Em cobrança de falta de Neymar, Vaca fez grande defesa, evitando o gol santista. Dois minutos depois, Borges fez bom lance individual, girando sobre a marcação e acertando o travessão. No rebote, Edu Dracena não conseguiu fazer o gol.

Antes do intervalo, o Peixe ainda teve mais duas boas oportunidades. Aos 43, Dracena desviou a bola, em cobrança de escanteio de Elano, porém, o volante Cristaldo evitou o gol alvinegro. Com 46, foi a vez de Neymar tocar de cabeça para o gol, após cruzamento de Elano, mas a bola passou ao lado da trave direita de Vaca.

Logo no começo da etapa complementar, Ganso recebeu bom passe na entrada da área e soltou a bomba. Atento, Vaca espalmou a bola para escanteio, salvando os bolivianos mais uma vez.

Com dificuldades para furar o bloqueio montado pelo The Strongest, o Santos teve uma grande chance de gol, em rápido contra-ataque, aos 14. Adriano lançou Neymar, que percorreu a distância entre o meio-campo e a grande área do Tigre, antes de encobrir o goleiro Vaca. Só que a bola chutada pela Joia passou muito próxima a trave esquerda da equipe boliviana.

Mais participativo no segundo tempo, Neymar emendou uma bicicleta, aos 21, mas Vaca fez boa defesa, evitando novamente que o Peixe abrisse o placar na Vila.

Sem uma grande atuação, o volante Henrique, que atuou improvisado na lateral direita, foi substituído pelo técnico Muricy Ramalho. Aos 22, o centroavante Alan Kardec entrou no lugar de Henrique, procurando dar mais força ofensiva ao time santista. Pouco depois, The Strongest também mexeu, com a entrada de Sacha Lima na vaga de Melgar.

Com o empate persistindo, Muricy queimou as suas duas últimas alterações. Primeiro, o volante Arouca deixou a partida, lesionado. Ibson foi o seu substituto. Logo em seguida, Elano foi o escolhido para sair do confronto, com o jovem Felipe Anderson no seu lugar.

Sufocando o adversário, o Santos teve talvez a sua melhor oportunidade até então, desperdiçada por Alan Kardec. Aos 36, o atacante aproveitou o rebote de uma bola desviada pela zaga boliviana, mas exagerou na força e chutou por cima do travessão, para o desespero da torcida alvinegra na Vila Belmiro.

No entanto, o próprio Kardec se redimiu da chance perdida e estufou as redes do Tigre. Aos 41, Neymar cobrou escanteio curto, tabelou com Ganso e cruzou na medida para a cabeçada certeira do centroavante: 1 a 0 para o Peixe.

Com o gol, a equipe santista tirou o peso de não conseguir fazer o gol das costas e ampliou, no minuto seguinte. Neymar tabelou novamente, agora com Borges, invadiu a área e, com tranquilidade, deu um toque firme no canto esquerdo de Vaca, para marcar o segundo tento e fechar a vitória santista na Vila.