Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No Rio, Flamengo e Internacional empatam em belo jogo

Ronaldinho sai vaiado, Flamengo recua demais e cede empate em 3 a 3, no Engenhão

Na noite deste sábado o Flamengo voltou a decepcionar seus torcedores ao empatar por 3 a 3 com o Internacional no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo estando duas vezes com dois gols de vantagem no marcador, o time carioca permitiu que o adversário, muito desfalcado, conseguisse a igualdade. Aírton, Ronaldinho Gaúcho, de pênalti, e Vagner Love anotaram os gols do Flamengo, que tem dois pontos e segue sem vencer na competição.

Muito nervoso em campo, o Flamengo, que teve a estreia de Ibson, viu Ronaldinho Gaúcho ser substituído sob vaias no segundo tempo. Melhor resultado para o Internacional, que viu seus gols serem marcados por Gilberto, Fabrício e Dátolo, e agora soma quatro pontos no Brasileirão. O clube gaúcho não pôde contar com seus principais jogadores, como o argentino D Alessandro, lesionado, e o meia Oscar e o artilheiro Leandro Damião, ambos servindo à Seleção Brasileira.

O Flamengo começou a partida tentando impor uma forte pressão e tirar proveito dos desfalques do Internacional. A medida surtiu resultado e os cariocas abriram o marcador logo aos oito minutos. Ronaldinho Gaúcho cobrou escanteio, Marcos González cabeceou, o goleiro Muriel deu rebote e Aírton completou para o fundo da rede.

Leia também:

Vasco vence Portuguesa com golaço de Alecsandro

O gol encheu o Flamengo de moral e a equipe seguiu pressionando até ampliar aos 16 minutos, quando Índio errou na saída de bola e acabou cometendo pênalti. O árbitro André Luiz de Freitas Castro anotou corretamente a penalidade, convertida por Ronaldinho Gaúcho. Após esse lance, o Flamengo errou ao recuar e administrar muito cedo o resultado. Quatro minutos depois, o Inter iniciou a reação. Fabrício recebeu de Dátolo, chutou cruzado da esquerda e Gilberto empurrou para o fundo da rede.

O Flamengo percebeu que se continuasse só se devendo levaria o empate e adiantou a sua linha de marcação. Quase conseguiu o terceiro gol aos 36 minutos, quando o estreante Ibson penetrou livre na área, mas foi desarmado por Muriel quando tentava driblar o goleiro.

Na volta para o segundo tempo, novamente o setor defensivo gaúcho comprometeu e o Flamengo conseguiu ampliar. Kléberson achou Vagner Love na área, o artilheiro se livrou de Moledo e chutou sem chances para Muriel. Porém, a exemplo do primeiro tempo, o Flamengo voltou a recuar e deu campo ao Internacional, que chegou ao empate em apenas três minutos. Aos 22, Fabrício mandou uma bomba de fora da área e marcou um golaço. Já aos 25, Dátolo fez jogada pelo meio, se livrou de Aírton e, também de fora da área, chutou de forma certeira, no canto esquerdo de Paulo Victor.

A partir daí as duas equipes passaram a jogar de forma aberta, porém com muita correria e poucos passes certos. Mesmo assim o Flamengo ainda teve uma grande chance de desempatar aos 45 minutos, quando Ibson cobrou escanteio e Welinton cabeceou para grande defesa do goleiro, que garantiu a igualdade.

As duas equipes voltam a campo na quarta-feira dia 6 de junho às 21h50(de Brasília). O Internacional recebe o São Paulo no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Já o Flamengo visita a Ponte Preta no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

(Com agência Gazeta Press)