Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar terá que indenizar Sandro Meira Ricci por ofensas no Twitter

São Paulo, 29 nov (EFE).- O atacante Neymar foi condenado nesta terça-feira a indenizar por um valor de R$ 15 mil o árbitro Sandro Meira Ricci, por uma ofensa atribuída ao jogador em sua conta no Twitter.

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo considerou Neymar culpado, em processo judicial instaurado pelo árbitro desde 2010, quando o jogador o chamou de ‘ladrão’ através da rede social.

O incidente ocorreu depois da derrota por 4 a 2 para o Vitória, no dia 15 de agosto de 2010, pelo Campeonato Brasileiro, quando a frase ‘juiz ladrão, vai sair de patrulha’ apareceu na página do jogador.

Os advogados do atleta argumentaram que ele emprestou seu telefone celular a um amigo, que aproveitou que o atacante do Peixe e da seleção brasileira estava com sua conta no Twitter aberta e escreveu a frase, apagada horas depois.

‘Neymar atuou de maneira irresponsável ao deixar um aparelho conectado ao Twitter nas mãos de terceiros, e é para evitar isso que existe uma senha. Por não ter tomado cautela para evitar que usassem sua conta para fins ilícitos, ele deve responder por esta omissão’, afirma a sentença do processo.

A condenação ocorre um dia após o atacante santista receber o apoio do campeão mundial de Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel. Depois do Grande Prêmio do Brasil, que encerrou a temporada 2011 da Fórmula 1, o piloto bicampeão declarou na segunda-feira que escolheria o brasileiro como o melhor jogador do mundo em 2011.

Neymar lidera a relação do Santos que participará a partir do dia 14 de dezembro do Mundial de Clubes da Fifa, que será realizado no Japão. EFE