Clique e assine a partir de 9,90/mês

Nastase é punido por comentários racistas sobre filho de Serena

Federação internacional de Tênis suspendeu o ex-jogador e capitão da seleção romena por esta e outras infrações

Por Da redação - 21 jul 2017, 13h04

A Federação Internacional de Tênis (ITF) anunciou nesta sexta-feira uma dura punição ao ex-tenista romeno Ilie Nastase. Por causa de declarações e atitudes consideradas machistas e racistas, em abril, o ex-líder do ranking mundial não poderá atuar em jogos da Fed Cup e da Copa Davis até 2019. Além disso, ainda ficará proibido de trabalhar em qualquer evento oficial da entidade por mais dois anos, até 2021, e foi multado em 10.000 dólares (cerca de 31.000 reais). A punição não se aplica aos torneios de Grand Slam e nem aos eventos da ATP e WTA.

As infrações foram cometidas justamente durante a Fed Cup, torneio no qual Nastase é capitão da equipe romena (ele já estava suspenso provisoriamente desde o fim de abril). No fim de semana da competição, ele insultou uma jornalista britânica presente, um dia depois de ter feito comentários ofensivos sobre a gravidez anunciada pela tenista Serena Williams. “Vamos ver de que cor é. Chocolate com leite?”, disse Nastase, se referindo ao bebê da americana.

Em seguida, durante o confronto com a Grã-Bretanha, Nastase proferiu palavrões contra as britânicas Johanna Konta, Anne Keothavong, capitã da equipe, e o árbitro do jogo. Assim, foi expulso da partida, válida pela repescagem do Grupo Mundial II.

“O Senhor Nastase fez um comentário sobre o filho de Serena Williams que foi altamente inapropriado e racialmente insensível. Ele também fez declarações de natureza sexual contra Anne Keothavong, capitã da Grã-Bretanha, e comentários abusivos e ameaçadores contra oficiais da partida e membros do time britânico”, escreveu a ITF, em comunicado oficial.

Continua após a publicidade

A punição deve causar a demissão de Nastase do cargo de capitão da equipe romena na Fed Cup, porque a suspensão impediria a participação plena do romeno na competição. A Federação Romena de Tênis ainda não se pronunciou sobre a decisão.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade