Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Nadal reforça críticas sobre calendário e reclama postura de Federer

Por Da Redação 15 jan 2012, 14h09

O calendário desgastante voltou a ser motivo de críticas por parte do espanhol Rafael Nadal. Em coletiva de imprensa neste domingo, o número dois do mundo reforçou as criticas que já foram feitas por vários tenistas e reclamou da ausência do suíço Roger Federer na campanha contra sequência de competições no circuito.

‘Para ele é conveniente não dizer nada e só falar coisas positivas. Ele age como um cavalheiro e o resto que se expõe’, comentou Nadal sobre Federer. ‘Qualquer um pode colocar suas opiniões’, completou.

O espanhol é um dos principais atletas ativos na campanha contra o calendário de tênis. Segundo muitos tenistas, o excesso de competições compromete o físico dos jogadores, pois não há tempo suficiente para uma recuperação, nem mesmo para um descanso do corpo. O britânico Andy Murray também é um dos que encabeça as reclamações quanto ao circuito.

‘Federer gosta do circuito e eu também. É muito melhor do que vários outros esportes, mas não quer dizer que não possa ficar ainda melhor. Algumas coisas podem mudar, pois estão erradas’, explicou Nadal, que acredita que as reclamações dos profissionais podem fazer a organização repensar o calendário do esporte.

O espanhol ainda reforçou que não se trata de uma opinião dele. ‘A grande maioria tem essa mesma opinião e se uma minoria defende algo diferente, talvez eles estejam errados’, afirmou.

Rafael Nadal se prepara para disputar o Aberto da Austrália, competição que pode ter uma semifinal entre o suíço e o espanhol. No entanto, para encontrar Federer na competição australiana, o segundo colocado no ranking da ATP terá que melhorar seu desempenho dos últimos dois anos, quando parou nas quartas de final em virtude de lesões. O espanhol campeão de 2009 no Aberto da Austrália estreia contra o norte-americano Alex Kuznetsov.

Continua após a publicidade
Publicidade