Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nadal arrasa uzbeque, aplica pneu no terceiro set e avança em Paris

Em busca do recorde absoluto de títulos em Roland Garros, Rafael Nadal deu mais um passo para alcançar a marca história em território francês. Nesta quinta-feira, o espanhol venceu com facilidade o uzbeque Denis Istomin por 3 a 0, com parciais de 6/2, 6/2 e 6/0, e assegurou vaga na terceira rodada da competição no saibro parisiense.

Hexacampeão de Roland Garros, Nadal, ao lado do sueco Bjorn Borg, é o maior vencedor do Grand Slam francês. Se levantar o troféu na edição deste ano, o espanhol será o único tenista a ter triunfado sete vezes neste torneio. Nos últimos sete anos, o atual segundo colocado do Ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) não teve êxito apenas em 2009, quando foi superado pelo sueco Roben Soderling nas oitavas-de-final.

Na partida desta quinta-feira, Nadal mostrou a razão de ser considerado um dos melhores tenistas da história atuando sobre a superfície de terra batida. Com desempenho arrasador, o espanhol não deu chances a Istomin, número 43 do mundo, em nenhum dos sets disputados. Sem ceder nenhuma quebra de serviço, o hexacampeão garantiu tranquilamente a vitória nas duas parciais iniciais por 6/2, aplicou um ‘pneu’ no terceiro set e deu números finais ao embate.

Este foi o terceiro confronto entre Nadal e Istomin no circuito profissional, sendo que o espanhol já havia triunfado nos dois duelos anteriores, em 2010. Na terceira rodada do Grand Slam francês, o número dois do mundo mede forças com o vencedor do jogo entre o alemão Florian Mayer, 35colocado da ATP, e o argentino Eduardo Schwank, dono do 192melhor posto do ranking da Associação de Tenistas Profissionais.