Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Murray quer responder na quadra comentários de Federer

Por Da Redação 19 nov 2011, 17h42

Londres, 19 nov (EFE).- O britânico Andy Murray quer descontar na quadra das Finais da ATP de Londres os ‘possíveis problemas’ que existam entre ele e o suíço Roger Federer, que esta semana deu polêmicas declarações sobre o número três do mundo.

Federer pareceu diminuir méritos das conquistas do escocês nesta temporada ao lembrar que em alguns jogos os campeonatos que ganhou Murray, não participaram nem ele, nem o número um do mundo, Novak Djokovic, e o espanhol Rafael Nadal tinha caído em fases anteriores do torneio.

‘Espero ter a oportunidade esta semana de jogar contra ele e deixar que o tênis fale por nós’, disse o jogador britânico em um encontro com a imprensa antes do início da competição.

Murray usou como exemplo o Masters 1000 de Paris, que o suíço ganhou há poucos dias, para lembrar que ‘Nadal não estava ali, Novak Djokovic estava lesionado’ e que ele mesmo tinha problemas físicos.

Murray afirmou que não leu os comentários que Federer lançou na imprensa inglesa, mas ressaltou que sempre trata de ser ‘positivo sobre o resto de jogadores’ do circuito.

‘Sempre disse que Roger, obviamente, é um dos melhores que existiram no tênis, e me encanta ter a oportunidade de jogar contra ele’, declarou o jogador.

Murray e Federer estão separados em grupos diferentes na primeira fase das Finais da ATP, disputadas entre 20 e 27 de novembro, portanto só poderiam se encontrar nas semifinais ou nas finais do torneio. EFE

Continua após a publicidade

Publicidade