Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muricy vê empate justo e exalta marcação do Santos

Por AE

Santos – O empate por 0 a 0 entre Santos e Corinthians retratou bem o que foi a partida. Muita marcação de ambos os lados, poucas chances de gol e um futebol abaixo do esperado. Por isso, o técnico Muricy Ramalho viu justiça no resultado do confronto disputado na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro, e exaltou o sistema defensivo de sua equipe.

“No primeiro tempo não jogamos bem, mas também não podemos desmerecer a equipe adversária, o Corinthians marcou muito bem. No segundo tempo nosso time se posicionoumelhor, teve mais espaço, mas apesar do volume de jogo que a gente criou, tivemos poucas chances de fazer o gol. Então ficou justo o resultado”, declarou.

Com o resultado, o Santos chegou à sua segunda partida consecutiva sem tomar gol, diminuindo um pouco as críticas à defesa da equipe, que vinha sendo cobrada desde os cinco gols sofridos contra o Flamengo, na derrota por 5 a 4. Por outro lado, o sistema ofensivo parece ter caído de rendimento e não mostra a mesma eficácia da partida contra os cariocas.

“É difícil achar outro jogo como aquele contra o Flamengo. Vai demorar um bom tempo parajuntar tanta gente boa no mesmo lugar. Eu sei que ninguém gosta daquele ditado que dizque ninguém é mais bobo no futebol, mas é verdade. Está cada vez mais difícil ganhar osjogos, é muita marcação, muita força física”, afirmou o treinador.

O fato de ter atuado sem o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Neymar, principais jogadores da equipe, não serve como desculpa para o fraco futebol, de acordo com Muricy. “Na Libertadores também tivemos jogos que eles não estavam e o time jogou bem e ganhou. É claro que eles fazem falta, o Neymar é o melhor jogador do Brasil, mas o time tem muita qualidade sem eles também”, avaliou.